12 de Setembro de 2019, atualizado ás 14:09

10 pessoas são contaminadas com Doença de Chagas após comer açaí



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Cerca de 10 pessoas foram contaminadas com a Doença de Chagas após consumir a açaí, de acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde do Município de Cametá, nordeste do Pará.

Siga => A Folha Hoje no Google News

Esses 10 casos foram identificados no último final de semana, e os paciente contaminados com Doença de Chagas estão recebendo acompanhamento médico.

Após a constatação da contaminação por meio do açaí, a Divisão de Vigilância Sanitária da cidade fez a interdição de diversos estabelecimentos que vendiam a fruta na cidade, e foram coletadas algumas amostras para saber a procedência do produto e a a origem da doença.

Assim, devido o perigo eminente, a prefeitura da cidade pede que a população faça o consumo de açaí apenas em estabelecimentos com certificado pela Vigilância Sanitária.

Quais os sintomas da Doença de Chagas?

Saiba quais os sintomas da Doença de Chagas:

  • Dor de cabeça;
  • Febre prolongada por mais de sete dias
  • Mal-estar;
  • Náuseas;
  • Suspeita da doença por consumo de açaí de procedência duvidosa.

Conheça mais sobre a Doença de Chagas

A doença de Chagas (ou Tripanossomíase americana) é a infecção causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi.

Apresenta uma fase aguda (doença de Chagas aguda – DCA) que pode ser sintomática ou não, e uma fase crônica, que pode se manifestar nas formas indeterminada, cardíaca, digestiva ou cardiodigestiva.

As principais formas de transmissão da doença de chagas são:

  • Vetorial: contato com fezes de triatomíneos infectados, após picada/repasto (os triatomíneos são insetos popularmente conhecidos como barbeiro, chupão, procotó ou bicudo).
  • Oral: ingestão de alimentos contaminados com parasitos provenientes de triatomíneos infectados.
  • Vertical: ocorre pela passagem de parasitos de mulheres infectadas por T. cruzi para seus bebês durante a gravidez ou o parto.
  • Transfusão de sangue.
  • Acidental: pelo contato da pele ferida ou de mucosas com material contaminado durante manipulação em laboratório ou na manipulação de caça.



Raquel Luciano

Jornalista com experiência na produção de conteúdo para diversos canais de informação espalhados pelo Brasil. E-mail: rachell.luciano@gmail.com

     

0 Comentários