3 coisas que você PRECISA saber antes de fazer o seu cartão de crédito
Não faça seu cartão de crédito sem antes esclarecer essas 3 dúvidas que podem te guiar para a melhor opção, confira nossas dicas.
Anderson Gomes - 03 de Junho de 2020 às 15:48:19

Está pensando em fazer um cartão de crédito mas não sabe por onde começar? Nesta matéria vamos responder as três perguntas principais que você deve fazer antes de solicitar seu cartão.

Há diversas maneiras de solicitar um cartão de crédito, porém, é importante que você o faça da forma correta e não apenas por impulso. conhecer as taxas e a melhor instituição financeira pode fazer você economizar muito dinheiro.


RELACIONADAS



Confira agora as principais dúvidas que você precisa esclarecer antes de pedir seu cartão e fazer sua escolha com mais segurança!

Quais os Requisitos Para Fazer Um Cartão de Crédito?
Medo do Cartão de Crédito? Tire suas dúvidas e saiba como pedir o seu

Ao contrário do que muitos pensam, fazer um cartão de crédito não é algo tão complicado assim. No entanto, é necessário demandar alguns requisitos mínimos para ter acesso a esta linha de crédito.

Antes de mais nada, ser maior de 18 anos e apresentar uma renda mínima são considerados os requisitos fundamentais, além da cópia desses documentos:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência atualizado
  • Comprovante de renda (geralmente os 3 últimos meses)

Além disso, o emissor do cartão também pode consultar o banco de dados do SPC / Serasa para verificar se você está com alguma pendência de crédito.

O nome limpo é essencial para que sua solicitação seja aprovada mais rapidamente, pois ao mostrar que suas contas estão em dia a instituição passa a ter mais confiança em você.

Na dúvida procure saber como anda sua situação na praça, fazendo uma consulta no SPC / Serasa gratuitamente. Veja no vídeo abaixo como consultar seu CPF gratuitamente:

Onde solicitar um cartão de crédito?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os bancos não são as únicas entidades que podem fornecer um cartão de crédito. Você pode encontrar o serviço em outras empresas ou instituições financeiras.

Resumindo, as principais formas de se obter um cartão são por meio dos bancos, Fintechs e nas principais lojas do comércio.

Bancos Tradicionais

Não é obrigatório você ter uma conta-corrente, mas se você for cliente e mantêm relacionamento com algum banco é mais fácil que ele te conceda um cartão de crédito.

Uma boa opção é o cartão o Santander Free, pois além de ser um cartão de fácil aceitação o cliente não paga anuidade se acumular R$ 100,00 de compras no mês. Você pode solicitá-lo indo té uma agência do banco Santander ou online.

Fintechs

São plataformas digitais que oferecem os mesmos serviços de um banco tradicional. Nelas você pode solicitar seu cartão de crédito por meio de um aplicativo ou no próprio site da startup.

Seus custos são mais reduzidos por não possuírem agências, além disso, a tecnologia facilita a parte burocrática dos processos. A Nubank é uma dos bancos digitais (Fintech) mais conhecidos, acesse a sua página e conheça todos os benefícios de uma conta bancária digital.

Lojas

Muitas empresas também oferecem cartões com vantagens exclusivas para quem usá-los em seus estabelecimentos.

Um exemplo é o supermercado Extra, que dá ótimos descontos e formas de parcelamentos nas compras daqueles que pagam com o cartão de crédito fornecido pela rede.

Quais são as taxas cobradas pelo cartão de crédito?
Cinemark e Bradesco: Desconto Especial Aos Clientes NEO Visa, Confira: Fonte: A Folha Hoje

É importante que você não solicite o cartão de crédito na primeira oportunidade que aparecer. Sugerimos que antes faça uma breve pesquisa e estude qual é a instituição que lhe oferece a melhor proposta (menores taxas).

Antes de falar das taxas, é bom esclarecer que existem dois tipos de cartões de crédito: o básico e o diferenciado.

  • O cartão de crédito básico serve unicamente para realizar pagamentos de bens e serviços nas redes credenciadas.
  • O cartão de crédito diferenciado conta com um ‘programa de fidelidade’. Com isso, além de realizar pagamentos de bens e serviços nas redes credenciadas eles também oferecem benefícios como milhas aéreas e recompensas.

Sendo assim, as taxas que podem ser cobradas por um cartão de crédito básico (que não possui programas de fidelidade) de acordo com o Banco Central são as seguintes:

  • Anuidade
  • Saque
  • Limite emergencial
  • Segunda via
  • Pagamento de contas
  • Parcelamento da fatura

Anuidade

É uma taxa de manutenção cobrada a cada 12 meses e que pode ser parcelada ao longo do ano. O valor pode variar de acordo com a modalidade e a instituição do seu cartão, mas é certo que quanto maior o número de benefícios que ele possui, maior a anuidade.

No entanto, em alguns casos a taxa não é cobrada, em outros, o banco negocia o valor da anuidade para não perder o cliente. Por isso é importante estar atento e fazer uma pesquisa para se informar sobre estes valores.

Saque

É a taxa cobrada quando você faz a retirada em dinheiro do seu cartão de crédito. Contudo não é uma opção nada viável, pois os juros cobrados são altos (girando em torno de 15%), além da cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Limite emergencial

Esta tarifa é cobrada quando você estoura o limite do seu cartão de crédito e mesmo assim deseja continuar comprando.

A avaliação emergencial de crédito pode liberar um aumento automático do seu limite, no entanto, gera uma tarifa extra. O ideal é que você solicite o aumento do limite na sua instituição e aguarde o pedido ser avaliado.

Segunda via do Cartão de Crédito

É a tarifa cobrada pela instituição para emitir um novo cartão de crédito em casos de perda, roubo, furto, etc. Entretanto, se você for vítima de fraude, tiver seu cartão clonado, por exemplo, o cliente ficará isento da taxa.

Em casos de roubo é fundamental que você faça o bloqueio imediato do seu cartão e faça um boletim de ocorrência antes de solicitar a segunda via.

Pagamento de contas

Esta taxa é cobrada quando você usa o cartão de crédito para pagar boletos de água, luz, internet e serviços afins. Além da tarifa, também é cobrado IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Parcelamento da fatura

O mês apertou e ficou sem condições de pagar pagar aquela fatura? Saiba que você têm a possibilidade de parcelar e fazer com que ela seja paga nas faturas seguintes.

Em contrapartida, ao parcelar a fatura você pagará, além do valor da conta, os juros sobre o parcelamento e o  Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

3 coisas que você PRECISA saber antes de fazer o seu cartão de crédito

VEJA TAMBÉM



Postado por: Anderson Gomes
Sou redator e professor de Física, curto uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.