3 dicas para emagrecer rápido que a ciência indica
Existem inúmeras formas de começar um plano para emagrecer rápido, mas a maioria acaba gerando desconfortos, que muitas vezes leva a desistência.
Por: G M Rhaekyrion / 06 de Março de 2020 às 13:12:00

Looks like you have blocked notifications!

Existem inúmeras formas de começar um plano para emagrecer rápido, mas a maioria acaba gerando desconfortos, que muitas vezes leva a desistência.

SIGA => A FOLHA HOJE NO GOOGLE

Porém, essa realidade é retrograda e não recomendada. Pois, existem estratégias e planos alimentares que trazem resultados satisfatórios e não te fazem sofrer.

Portanto, reservamos as 3 dicas para emagrecer rápido e com saúde que a ciência indica.

3 dicas para emagrecer rápido que a ciência indica
(fitbeat.com.br)

1 – Corte carboidratos aos poucos

Não adianta simplesmente cortas todos os carboidratos da sua alimentação, pois isso só levará ao estresse e a indisposição.

Portanto, o ideal é que vá eliminando os carboidratos ruins (pães, massas, bolos, açúcares) aos poucos e os substitua por carboidratos bons (batata-doce, inhame, macaxeira, tapioca).

Dessa forma, você se manterá mais saciado, saudável e com energia. Além de melhorar o metabolismo e a digestão.

2 – Coma proteínas e gordura equilibradamente

Sendo assim, sei que a palavra gordura já deve dar um calafrio em muitas pessoas, mas ingerir gorduras boas é um bem para a saúde e ajuda a emagrecer.



Então, principalmente quando se está comendo junto a proteínas, que deve ser sua aposta mais alta na alimentação.

Dessa forma, é importante equilibrar a ingestão dos dois e preferir alimentos ricos em proteínas.

VEJA TAMBÉM:

+Emagrecer rápido: 3 riscos graves das dietas restritivas

+Emagrecer rápido ou devagar? Entenda a diferença e qual o melhor

3 – Dê valor a qualidade do seu sono

Então, é a mais pura verdade. O sono de qualidade ajuda a emagrecer rápido, pois acelera o metabolismo, proporcionando maior queima de gordura e ganho muscular.

Sendo assim, o ideal é que se tenha cerca de 8 horas de sono, dessa forma, priorize a hora de dormir e o faça sem a interrupção de telas e barulhos.

Visto que, sons e a luz impedem o cérebro de entrar em sono profundo.

Siga A Folha Hoje nas Redes Sociais:

Instagram: @afolhahoje;

Página do facebook: A Folha Hoje;

Grupo do facebook: A Folha Hoje – Saúde


Postado por: G M Rhaekyrion
Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo