O embaixador Robert O’Brien, reconhecido conselheiro de segurança do presidente norte-americano Donald Trump, esteve no Brasil para delegar uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional.

Na ocasião, Bolsonaro disse que tinha o desejo de estar presente na cerimônia de posse de reeleição do presidente dos Estados Unidos, caso Trump vença. As eleições dos EUA estão marcadas para ocorrer no terceiro dia de novembro, uma terça-feira.


RELACIONADAS



Espero, se essa for a vontade de Deus, comparecer à posse do presidente brevemente reeleito nos Estados Unidos. Não preciso esconder isso, é do coração. Não interfiro, mas é do coração e pelo respeito que eu tenho pelo povo americano e pela consideração que Donald Trump teve para conosco“, comentou Bolsonaro.

Na corrida da tecnologia 5G, Estados Unidos investe no Brasil e deixa a China de lado

Bolsonaro assina com os EUA e Brasil recebe pacote de US$ 1 bilhão para implementar 5G - foto: reprodução
Bolsonaro assina com os EUA e Brasil recebe pacote de US$ 1 bilhão para implementar 5G – foto: reprodução
Loading...

Segundo a delegação norte-americana, a empresa chinesa Huawei não oferece garantias de segurança e privacidade, o que despertou a insegurança do Governo dos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, também pode representar um grande risco ao Brasil com a incidência das ‘backdoors‘ – portas que dão acesso ao sistema sem autorização do usuário.

Para O’Brien, investir no Brasil pode significar limitar a participação do 5G oferecido pela Huawei. De forma direta, as reuniões podem implicar no acordo de três protocolos comerciais entre os países, com foco na facilitação do comércio, boas práticas regulatórias e combate à corrupção.

Loading...

Por outro lado, o presidente da Huawei no Brasil ameaça, e diz que se a empresa for banida do país, a população pode pagar mais cara para ter acesso ao 5G e a implementação da tecnologia no Brasil pode demorar anos.

A tecnologia 5G permite velocidades de até 20 vezes superiores ao 4G. A promessa é que, com o avanço da tecnologia da internet móvel, possamos usufruir de um maior consumo de dados em períodos de tempos bem menores.

Bolsonaro assina com investidores e país recebe pacote de US$ 1 bilhão para implementação do 5G

Segundo o Ministério da Economia, poderão ser realizados investimentos nas áreas de telecomunicações, energia, infraestrutura, logística, mineral e manufatura. O encontro foi realizado no Itamaraty, em Brasília, na presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, que vem apoiando totalmente a entrada de investidores no país.

“É um sinal muito positivo para um acordo mais amplo entre EUA e Brasil e que, em última instância, pode levar a acordo de livre-comércio entre dois países. Queremos fazer isso passo a passo, ter certeza de que o acordo é ótimo para o Brasil e ótimo para os Estados Unidos”, ressaltou O’Brien.

Loading...

O investimento foi realizado pelo Banco de Exportação e Importação dos Estados Unidos (Eximbank). Pelo acordo, investimentos de até US$ 1 bilhão podem ser aplicados – equivalentes à R$ 5,6 bilhões. Detalhadamente, cerca de US$ 345 milhões vão para a reforma do Angra 1, que será realizada pela norte-americana Westinghouse, e os outros US$ 984 milhões vão para investimentos e projetos brasileiros.

No encontro, também estiveram presentes o vice-representante de Comércio dos EUA, Michael Nemelka, o presidente do Bando de Exportação e Importação dos EUA (Eximbank), Kimberly Reed, e a diretora da Corporação Financeira de Desenvolvimento Internacional dos EUA, Sabrina Teichman.

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui