Você sabia que 42 milhões de brasileiros sofrem com a queda de cabelo? É o que afirma a Sociedade Brasileira do cabelo. A calvície é um problema hereditários e está relacionada a um tipo de alopecia. Você sabe o que é alopecia e quais os tratamentos? Descubra como recuperar a saúde do seu cabelo.

A calvície atingi mulheres e homens, claro que nos homens o problema é bem mais frequente. O problema é bem complexo, mas não o levará para o outro lado da vida.

Por que meu cabelo cai?


RELACIONADAS



Geralmente a queda de cabelo está ligada a questão genéticas ou a alopecia. Essa doença que faz com que o indivíduo perca pelo ou cabelo muito rápido, não apenas no couro cabelo ou em qualquer outro local do corpo.

Mas não se desespere pois, existem vários tratamentos para combater a alopecia e diminuir a perda dos fios. Antes de conhecer tais métodos, vamos primeiro saber quais são os tipos de alopecia, para então, saber como tratar.

Quis são os tipos de alopecia?

É possível afirmar que existem alguns tipos de alopecia. Vamos falar primeiro da Eflúvio que é aquela queda natural, por conta da idade. Claro que, existem fatores que podem desregular a mesma, fazendo com que esse processo acelere a queda. O que não é nada legal.

Uma outra é a Alopecia areata e é bem comum pois, estar ligada ao sistema emocional afetado. Quanto menos estresse melhor.

Tem também a Seborreia, nessa é possível tratar usando medicamentos. Vale lembrar que a mesma é causada por meio da dermatite.

A Androgenética é a famosa calvície. Ou seja, são “bens” genéticos e ocorre por conta da taxa de testosterona no sangue, sendo mais frequente entre os homens.

Alguns Medicamentos são grandes causas da perda de cabelo. A exemplo de medicamento para quimioterapia.

Existe cura para a perda dos cabelos?

Existe cura para a calvície? Quais os tratamentos para a alopecia? Quais são os primeiros passos para resolver esse problema? Qual profissional da área de saúde pode me ajudar?

São várias as causas da alopecia. Existem alguns coisas que podem influir na queda do cabelo, como: estresse; reação hormonal pós parto; uso constante de produtos químicos sem acompanhamento profissional; deficiência em produzir proteínas como zinco, biotina e ferro; micose no couro cabeludo, entre outros.

Ressaltamos e reforçamos a importância da procura de um profissional capacitado e especializado, que é o dermatologista.

Não existe uma cura para estes problemas e sim, alguns tratamentos que podem retardar ou diminuir absurdamente a queda dos fios. Procure um médico dermatologista, é o melhor profissional indicado para o tratamento da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui