Americanos temem o fim do benefício de US$ 600 por semana



O auxílio de 600 é pago como forma de combater a crise econômica causada pela pandemia de coronavírus nos EUA. Donald Trump comentou sobre o assunto.
Anderson Gomes - 31 de Julho de 2020 às 20:45:16

Nos Estados Unidos, milhares de pessoas desempregadas temem o fim do benefício de US$ 600 dado semanalmente pelo governo federal americano – o que vale em torno de R$ 3.121.

O benefício tem data marcada para acabar neste final de semana, o que deixou muitas famílias aflitas por não terem ideia de como vão arcar com as despesas sem poder trabalhar devido a pandemia de coronavírus.


RELACIONADAS



Neste sentido, a situação por lá não é muito diferente da qual é vista aqui no Brasil. Desde meados de abril, muitas pessoas reclamam que acabaram perdendo os seus empregos, tiveram que fechar seu comércio em definitivo ou que não podem trabalhar durante a quarentena.

Enquanto os americanos recebem o benefício, observam o desemprego aumentar durante a pandemia
Americanos temem o fim do benefício de US$ 600 por semana – foto: reprodução

Sobre as queixas dos americanos, centenas de relatos se unem para contestar o fim do benefício de US$ 600 dólares semanais, reclamações sobre ter que pagar mensalidades, alimentação e contas em geral.

Atualmente, cerca de 30 milhões de pessoas dependem do benefício de US$ 600 pagos pelo governo dos Estados Unidos. Contudo, a decisão só poderá ser resolvida ao longo da semana, quando o Congresso fizer uma nova sessão para discutir sobre a continuidade do auxílio de emergência.

Houve discussão entre o partido republicano e o partido democrata

Sobre a questão, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse: “Queremos uma extensão temporária do aumento dos benefícios de desemprego”, demonstrando estar de acordo.

No entanto, Trump foi questionado por uma opositora do partido democrata, Nancy Pelosi, que questionou o benefício de US$ 600 por apenas 1 semana.

Ao passo que, o partido republicano buscaria oferecer uma extensão reduzida de somente US$ 400 semanais pelos próximos quatro meses, o que foi visto com maus olhos pelos democratas.

Donald Trump manda resposta para o partido democrata no Twitter

O presidente Donald Trump rebate oposição do democratas no Twitter – foto: reprodução

Nesta sexta-feira (31), Trump comentou sobre o assunto no Twitter, dando uma resposta direta para os opositores do partido democrata.

“A Pelosi & Schumer não tem interesse em fazer um acordo que seja bom para o nosso país e nosso povo. Tudo o que eles querem é um trilhão de dólares e muito mais para seus Estados Governados pela Esquerda Radical, a maioria dos quais está se saindo muito mal. É chamado de BAILOUT por muitos anos de mau Dem Mgmt!”, escreveu Trump.

“Bailout” é uma expressão da língua inglesa que significa investir em ações econômicas falidas a fim de sustentá-las a curto prazo. Um termo usado geralmente nas áreas de economia e finanças.

VEJA TAMBÉM



Postado por: Anderson Gomes
Sou redator e professor de Física, curto uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.