Apartamento que Bolsonaro disse ter colocado à venda, será ocupado por filho




Nesta segunda-feira, 04 de fevereiro, foi revelado que o presidente Bolsonaro não colocou à venda o apartamento próprio que residia em Brasília ao tempo em que recebia o auxílio-moradia, como tinha afirmado durante campanha eleitoral.

Além disso, também foi descoberto que o segundo filho mais novo do presidente irá ocupar o imóvel a partir deste mês.

Apartamento que Bolsonaro disse ter colocado à venda, será ocupado por filho
Apartamento que Bolsonaro disse ter colocado à venda, será ocupado por filho

Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

Sobre o caso

Durante a campanha presidencial de Jair Bolsonaro, houve uma polêmica que ganhou destaque na mídia. Tratava-se da acusação de que o então candidato residia em imóvel próprio em Brasília e continuava recebendo o auxílio-moradia no valor de R$3 mil reais mensais.

Apenas alguns dias depois da divulgação da matéria, Bolsonaro afirmou durante entrevista que iria vender a propriedade que residia devido a repercussão negativa do caso. No entanto, uma investigação realizada pelo site UOL revelou que a propriedade sequer foi colocada à venda.

Além disso, a reportagem ainda divulgou que o segundo filho mais novo do presidente, Jair Renan, de 20 anos, irá ocupar o imóvel do pai a partir de Fevereiro.

Apartamento que Bolsonaro disse ter colocado à venda, será ocupado por filho
Apartamento que Bolsonaro disse ter colocado à venda, será ocupado por filho

Leia Também:

Presidente Bolsonaro chora ao ouvir Chitãozinho e Xororó e vídeo viraliza nas redes sociais

Pedido de Flávio Bolsonaro para suspensão das investigações é negado por Marco Aurélio

Mudança para o apartamento de Bolsonaro

Atualmente, o filho de Bolsonaro reside com a segunda ex-esposa do presidente em Resende, Rio de Janeiro. Segundo a reportagem do UOL, ele fará a mudança para Brasília devido a uma mudança de faculdade e de curso.

O apartamento que será ocupado por Jair Renan tem 69 m² e dois quartos. A reportagem também revelou que o imóvel foi registrado pelo presidente Bolsonaro na Justiça Eleitoral com o valor de R$240 mil e foi denominado de cubículo.

Apartamento não foi colocado à venda

Durante a investigação feita pelo UOL, também foi descoberto por fontes no próprio prédio do apartamento, que o imóvel nunca teria sido colocado à venda. Segundo pesquisas realizadas, o aluguel  de um apartamento no mesmo edifício pode chegar até R$2.900.

Tanto o presidente Bolsonaro, quanto a ex-esposa e o filho do presidente foram procurados para se manifestar a respeito do caso. No entanto, apenas a mãe de Jair Renan afirmou que o filho irá morar com o pai.

Por outro lado, a secretaria de Comunicação da Presidência se pronunciou para afirmar que não irá comentar nada sobre esse caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here