Notícias  
Por: Raquel Luciano / há 1 semana

Áudio de Roberto Justus criticando histeria do coronavírus cai na rede

No áudio é possível ouvir o empresário Roberto Justos criticando a atitude dos brasileiros, onde ele cita o coronavírus como apenas um “gripezinha”

Caiu na internet no último final de semana um áudio do empresário Roberto Justus criticando o apresentador Marcos Mion e o Brasil pelo posicionamento contra o coronavírus.

O áudio teria sido enviado ao apresentador Marcos Mion após o mesmo ter usado a suas redes sociais para alertar que as pessoas fiquem em casa durante a pandemia.

No vídeo, Marcos Mion afirma que o pico de contaminação do vírus será entre 6 e 20 de abril, período em que o sistema de saúde brasileiro entraria em colapso.

Além disso, o apresentador também falou em um milhão de mortos, afirmação que, aparentemente, irritou Roberto Justus.

Veja o que Roberto Justus disse para Marcos Mion sobre o coronavírus

Áudio de Roberto Justus criticando histeria do coronavírus cai na rede – Foto: Reprodução TV Record

No áudio, o empresário diz que Mion não sabe nada sobre estatística, e que jamais o Brasil teria essa quantidade de mortos, até porque países nunca chegaram a esses número.

Estamos em total desacordo e eu vou te passar uma matéria de um cara genial dos Estados Unidos falando sobre essa histeria. Por que  quando alguém solta um argumento desses [do Mion] aí, acabou.

O total de mortos até agora foi de 12 mil, e o Brasil, que é tão abençoado por Deus, aqui vai matar um milhão.

Em lugar nenhum tem [essa quantidade de mortos], nem na China, onde tudo começou, nem em lugar nenhum.

É uma desinformação de um nível tão grande, que não dá nem para discutir, sem querer te ofender.

Claro que devia isolar os velhinhos, devia cuidar deles, devia não ter aglomerações humanas em grandes eventos, festas, mas este isolamento vai custar muito mais caro.

Você está preocupado com os pobres? Você vai ver a vida devastada da humanidade na hora do colapso econômico, da recessão mundial…

Não dá para comparar com um viruzinho, que é uma gripezinha leve.

Roberto Justus é “detonado” nas redes sociais

Nas redes sociais, a fala de Roberto Justus sobre o coronavírus não foi absorvido muito bem, onde as pessoas lembraram que ele está também na zona de risco de contaminação por ter 64 anos.

Mas, a fala de maior critica foi sobre a quantidade de mortos que o Brasil poderá ter, e quem será mais afetado.

“Não fique preocupado com o vírus entrando na favela, porque não vai matar ninguém. Só gente que já está doente e velhinho.

Não tem nenhuma morte nas 12 mil que a pessoa não tinha problema de saúde recorrente no passado.

Os pobres não são todos doentes. Na favela não vai acontecer nada. Vou te passar umas matérias, se tiver um bom inglês, por favor, leia, e você vai entender essa histeria desproporcional”

Assim, ouça o áudio de Roberto Justus:

https://www.afolhahoje.com/wp-content/uploads/2020/03/roberto-justus-critica-brasil-na-pandemia-do-coronav-rus.ogg

Mas, apesar da polemica, até o momento Marcos Mion não se pronunciou sobre a divulgação do áudio.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole direitos, denuncie.
Load more

Notícias relacionadas