-Publicidade-

Bebianno diz aguardar decisão de Bolsonaro e adianta que não irá pedir demissão

-Publicidade-

Depois de polêmica envolvendo filho do presidente Jair Bolsonaro, Gustavo Bebianno afirma que não irá pedir demissão devido ao que aconteceu. Além disso, ainda declarou que vai aguardar a decisão do Chefe de Estado.

Bebianno diz aguardar decisão de Bolsonaro e adianta que não irá pedir demissão (foto: internet)
Bebianno diz aguardar decisão de Bolsonaro e adianta que não irá pedir demissão (foto: internet)

Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

Declaração de Bebianno

-Publicidade-

Gustavo Bebianno foi acusado pelo vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Bolsonaro de mentir em uma entrevista concedida pelo ministro. Em resposta, Bebianno afirmou que não pretende solicitar a demissão devido a esse episódio e que irá aguardar a decisão do Chefe de Estado.

Tudo aconteceu depois que Bebianno negou durante uma entrevista que é o pivô da crise do governo. Na ocasião, ele chegou a dizer que não existe nenhuma crise e que tinha conversado com o presidente três vezes na última terça-feira (12).

De acordo com Bebianno, eles conversaram por meio de um aplicativo. No entanto, Carlos Bolsonaro declarou que ele não falou com o Bolsonaro e que ele estaria mentindo.

-Publicidade-

Bebianno diz aguardar decisão de Bolsonaro e adianta que não irá pedir demissão (foto: internet)
Bebianno diz aguardar decisão de Bolsonaro e adianta que não irá pedir demissão (foto: internet)

Leia Também:

 Bolsonaro deve decidir qual será a idade mínima na Reforma da Previdência

“Tu quer me matar?”, diz Jair Bolsonaro a Hamilton Mourão em tom de brincadeira

-Publicidade-

Carlos Bolsonaro desmente Bebianno

Através da sua conta no Twitter, Carlos Bolsonaro desmentiu Bebianno e afirmou que a declaração de que o ministro havia conversado três vezes com Jair Bolsonaro, foi “uma mentira absoluta”.

Para comprovar isso, Carlos divulgou um áudio onde o pai supostamente está em uma conversa no telefone com Bebianno. No entanto, a gravação apenas tem apenas a voz de Bolsonaro e não do ministro.

Vale a pena destacar, que durante esse período o presidente ainda estava internado no Albert Einstein, em São Paulo. No entanto, ele recebeu alta na quarta-feira e já está se recuperando em Brasília.

Sobre caso de Bebianno

No último final de semana foi revelado que em 2018, durante a campanha eleitoral, Bebianno teria liberado quase meio milhão de reais de dinheiro público para uma candidata “laranja”. Segundo fontes, ela estaria concorrendo a uma vaga de deputada pelo estado de Pernambuco e teria recebido apenas 274 votos.

Bebianno, que era presidente do PSL, teria retirado o dinheiro do fundo partidário. A revelação causou grande impacto no partido, que passou a ser amplamente criticado na internet. Além disso, o ato ainda gerou suspeitas quanto a governabilidade dos candidatos do partido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política