Melhores práticas

Compromissos Editoriais

A Folha Hoje tem o compromisso de levar ao conhecimento público, de forma imparcial, os fatos relevantes que ocorrem na sociedade, sempre com ética, respeito e cuidado, além do comprometimento em ouvir todos os lados envolvidos da notícia.

Tudo isso é levado em consideração antes da publicação. A apuração feita pela equipe de jornalismo faz toda a diferença. É uma apuração séria, sem lado político-partidário e com questionamentos de possibilidades e suspeitas com todas coberturas.

Representantes dos órgãos envolvidos são sempre consultados também e o espaço está aberta para que todos se manifestem através de entrevistas e/ou notas.

Além disso, tem espaço para valorizar os artistas e a cultura, com matérias divulgando eventos, espetáculos, shows, exposições, lives, novos trabalhos e entrevistas especiais. Os esportistas também têm espaço garantido.

Profissionais de diversas áreas são sempre pauta como convidados para apresentar informações técnicas sobre as suas especialidades para tirar dúvidas, orientar a população e fazer alerta sobre diversos temas relevantes.

A equipe de A Folha Agora tem a ética de citar fontes de notícias e dar continuidade a apuração, além de ter as próprias fontes de informação e manter o compromisso de preservá-las.

A segurança dos profissionais que fazem A Folha Agora é de extrema prioridade para o veículo de comunicação que admite que seus jornalistas trabalhem no anonimato somente quando esse expediente for imprescindível para o bom desempenho das funções, como para testar serviços público e privados ou na elaboração de reportagens que, de outro modo, coloque em risco a segurança do jornalista.

O veículo de comunicação não divulga suicídio nem nomes de vítimas de acidentes para preservá-los.

Suspeitos de crimes não são identificados mas a notícia é dada com cuidado e ouvindo o lado da investigação, vítima (ou familiar/advogado). O nome é citado apenas após a condenação da Justiça que se responsabiliza pela acusação.

Fora dessas circunstâncias, admite-se a publicação do nome de suspeitos apenas em situações excepcionais, como o de figuras públicas ou em circunstâncias que envolvam várias testemunhas ou provas audiovisuais flagrantes.
Ao mesmo tempo, o veículo se compromete em deixar o público informado sobre os desdobramentos dos fatos que estão ocorrendo.

A Folha Agora preza pela liberdade de expressão e democracia. O leitor pode participar dando a sua opinião sobre os fatos sempre que sentir vontade. Pode elogiar, criticar, questionar ou o que quiser nos comentários das matérias.
Caso seja publicada alguma matéria com informações que não procedem o veículo tem a humildade e compromisso de fazer a ‘errata’, corrigindo a informação e pedindo desculpas pela publicação.

A imparcialidade, ética e compromisso fazem parte da rotina da equipe de jornalismo que não aceita benefícios em troca de vantagens ou manipulação/isenção.

A Folha Hoje defende um conjunto de princípios que considera extremamente importantes, como a democracia, o estado de direito, o direito à livre iniciativa e todos aqueles expressos na Declaração Universal dos Direitos do Homem.