Ontem, quarta-feira, 14, a Polícia Federal (PF) flagrou o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) com R$ 30 mil em dinheiro escondido na cueca, a cena inusitada ocorreu durante uma operação em Boa Vista, Roraima. Antes do fato ocorrer o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) havia declarado ter uma forte ligação com o seu vice-líder de governo e que os dois tinham uma “união estável”, o que gerou repercussão.

No Palácio da Alvorada, a prisão de Rodrigues foi comentada com Bolsonaro por apoiadores e jornalistas, logo ele se isentou da culpa e fez elogios ao seu governo. Além disso, o presidente também fez críticas a imprensa e disse acreditar em “crise de abstinência”.


RELACIONADAS



Em entrevista, sobre o seu vice-líder de governo pego com dinheiro na cueca, Bolsonaro disse: “A operação de ontem é fator de orgulho para o meu governo, para o meu ministro Wagner Rosário e para a minha Polícia Federal, e não isso que a imprensa está falando agora, que tenho a ver com essa corrupção.”

Logo mais o presidente fez críticas a imprensa e afirmou: “Esse caso aí é mais uma mentira da imprensa que quer desqualificar meu governo a todo tempo. Isso chama-se crise de abstinência. Acabou os milhões de reais para propaganda oficial do governo.”

Senador Chico Rodrigues é detido em flagrante com dinheiro nas partes íntimas

O presidente Bolsonaro esteve no Palácio da Alvorada e comentou sobre o vice-líder do governo flagrado com dinheiro na cueca - foto: reprodução
O presidente Bolsonaro esteve no Palácio da Alvorada e comentou sobre o vice-líder do governo flagrado com dinheiro na cueca – foto: reprodução

A operação realizada pela PF corria sob sigilo, sendo autorizados os mandados de busca e apreensão pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). A ordem investigava o desvio de recursos públicos destinados ao enfrentamento da pandemia de COVID-19.

De acordo com os investigadores, irregularidades apontaram desvios que somavam quase R$ 1 milhão. Sete mandados foram expedidos pela justiça. Os esquemas criminosos eram favorecidos através de emendas parlamentares.

Além dos R$ 30 mil encontrados na cueca do senador Chico Rodrigues, outros R$ 70 mil foram achados na residência do mesmo. Por outro lado, Rodrigues emitiu uma nota e afirmou “confio na justiça e vou provar que não tenho nem tive nada a ver com qualquer ato ilícito”.

‘Sem corrupção’: Bolsonaro faz elogios a atuação da Polícia Federal durante o seu governo

De acordo com Bolsonaro, essa operação faz parte do combate a corrupção promovido pelo seu governo. Anteriormente, Bolsonaro chegou a afirmar que em seu mandato não existe corrupção e a corrupção será combatida, independente de quem praticar.

“Parte da imprensa me acusando do cara ser meu amigo, eu coloquei como vice-líder e que eu não combato a corrupção. Vamos deixar bem claro, essa operação da Polícia Federal de ontem, como metade das operações, foi em conjunto com Controladoria-Geral da União. Ou seja, nós estamos combatendo a corrupção. Não interessa quem seja a pessoa suspeita”, comentou sobre a operação realizada pela PF.

E acrescentou: “Nós destinamos bilhões de reais a Estados e municípios, tem as emendas parlamentares também, e de vez em quando, não é muito raro, a pessoa faz uma malversação desses recursos. Agora, a CGU está de olho, a nossa PF está de olho e tomamos decisões.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui