-Publicidade-

Bolsonaro pretende retirar Diretor da PF e Moro ameaça pedir demissão

Jair Bolsonaro informou ao Ministro da Justiça sobre a intenção em substituir o Diretor da Polícia Federal, no entanto, Sérgio Moro ameaçou deixar a pasta.

-Publicidade-

Nesta quinta-feira, 23 de abril, o presidente Jair Bolsonaro informou ao Ministro da Justiça sobre a possibilidade de substituir o Diretor Geral da Polícia Federal, Maurício Aleixo. Em contrapartida, Sérgio Moro posicionou-se contrário a decisão do presidente e afirmou que deixaria o governo caso a troca seja efetuada.

O encontro com Moro foi o primeiro compromisso da agenda oficial de Bolsonaro na manhã desta quinta, por volta da 09h. No entanto, a pauta referente ao comando da PF não é novidade. Há algum tempo o presidente tem insistido na substituição do Delegado Maurício Aleixo, indicado pelo Ministro da Justiça no ano de 2018.

Contudo, a assessoria de Moro emitiu comunicado negando que o Ministro tenha chegado a pedir demissão de fato. Porém não comentou sobre as divergências existentes entre ele e Bolsonaro. Informou apenas: “Ministro não confirma o pedido de demissão”.

Além disso, Bolsonaro também não respondeu perguntas referentes ao assunto, realizadas por apoiadores durante sua chegada à residência oficial no Palácio da Alvorada.

-Publicidade-

Por fim, durante entrevista coletiva, o ministro- chefe da Casa Civil, Braga Netto, encerrou o assunto: “A pergunta sua é por causa dessas notícias que estão correndo? Vou te responder simplesmente o seguinte: a assessoria do ministro Moro já desmentiu a saída dele agora do governo, tá? Já está publicada essa informação”.

Divergências entre Bolsonaro e Moro sobre o assunto

Bolsonaro pretende retirar Diretor da PF e Moro ameaça pedir demissão
Bolsonaro pretende retirar Diretor da PF e Moro ameaça pedir demissão – Foto: A Gazeta

-Publicidade-

Até o presente momento não se sabe exatamente sobre uma justificativa específica para que se realize a substituição do comado da PF. Não ficando claro se o problema pra Bolsonaro seria o Diretor Maurício Aleixo ou o seu indicador ao cargo.

Por outro lado, supõe-se talvez que a próxima determinação do Presidente seja colocar na Direção da Polícia Federal alguém da sua própria confiança.  Visto que, o atual diretor é tido como homem de confiança de Moro. Acreditando-se que o sucessor de Aleixo seria alguém com o perfil distinto.

Entretanto, o mais provável é que Sérgio Moro continue na defesa do atual diretor da PF. Tendo em vista que os dois trabalhavam juntos na Operação Lava Jato. Com isso, desde 2018, o ministro anunciou a escolha de Aleixo para continuar trabalhando ao seu lado.

Finalmente, quando escolheu Sérgio Moro para o Ministério da Justiça, Bolsonaro prometeu carta-branca. Ou seja, as atividades do ministério seriam desenvolvidas sem qualquer interferência do presidente. Mas ao longo desse período trabalhando juntos, muitas divergências surgiram entre Moro e Bolsonaro.    

-Publicidade-

Bolsonaro pretende retirar Diretor da PF e Moro ameaça pedir demissão
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política