Bolsonaro se manifesta após vídeo de reunião ministerial ser divulgado
Após divulgação do vídeo da reunião ministerial, Bolsonaro afirmou que não houve 'nenhum indício de interferência na Polícia Federal'.
Por: Joey Phillipe / 23 de Maio de 2020 às 14:10:54

Looks like you have blocked notifications!

Nesta sexta-feira, 22 de maio, o presidente Jair Bolsonaro manifestou-se, através de rede social, após divulgação do vídeo que trata da reunião ministerial ocorrida em 22 de abril. Segundo ele, o referido vídeo desfaz mais uma “farsa”, bem como demonstra que não existe “indício de interferência na Polícia Federal”.

Inicialmente, o vídeo foi divulgado nesta sexta, após decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal-STF, Celso de Mello. Sendo que a reunião da qual trata o vídeo contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão e os ministros do governo, totalizando 25 autoridades.

Contudo, após divulgação da gravação, Bolsonaro publicou um vídeo de 21 minutos e 20 segundos da mesma reunião, acompanhado de um comentário com a afirmação: “Reunião Ministerial de 22 de abril / Mais uma farsa desmontada; Nenhum indício de interferência na Polícia Federal; João 8, 32 – “Conhecereis a verdade e verdade vos libertará”.

Mais sobre a publicação de Bolsonaro sobre a reunião ministerial
Bolsonaro se manifesta após vídeo de reunião ministerial ser divulgado – Foto: Metrópoles

Assim, o trecho da reunião postado pele presidente Jair Bolsonaro apresenta fala do mesmo afirmando sobre o poder de interferir nos ministérios, assim como faz reclamação sobre a falta de informações da Polícia Federal.



“Eu não posso ser surpreendido com notícias, pô. Eu tenho a PF que não me dá informações; eu tenho as inteligências das Forças Armadas que não tenho informações; a Abin tem os seus problemas, tenho algumas informações. Só não tem mais porque tá faltando realmente, temos problemas, pô! Aparelhamento etc. Mas a gente num pode viver sem informação”, afirmou Bolsonaro.

“E informação é assim. Eu tava vendo, estudando em fim de semana aqui como é que o serviço chinês, secreto, trabalha nos Estados Unidos. Qual a preocupação nossa aqui? É simples o negócio. ‘A, não deve publicamente’. Devo falar como? Tá todo mundo vendo o que tá acontecendo”, continuou.

Além disso, ainda nesta sexta-feira (22), o presidente concedeu entrevista a rádio Jovem Pan, na qual reafirmou que, durante a reunião, quando tratou sobre interferência, referia-se a sua segurança pessoal. Que é de responsabilidade do Gabinete de Segurança Institucional-GSI.

Por fim, Bolsonaro questionou quando, na reunião, ele afirmou que substituiria o diretor-geral da PF ou o superintendente da corporação no Rio de Janeiro. Afirmando tratar-se de mais uma farsa desfeita. “Mais um tiro n’água, mais uma farsa desmontada”, declarou.

Reunião Ministerial de 22 de abril- Mais uma farsa desmontada;- Nenhum indício de interferência na Polícia Federal;- João 8, 32 – “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Friday, May 22, 2020
Bolsonaro se manifesta após vídeo de reunião ministerial ser divulgado

Postado por: Joey Phillipe
Sou redator, aventureiro, curto games e esportes.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo