21 de Fevereiro de 2019, atualizado ás 15:02

Bolsonaro se reúne com Ministro do Turismo envolvido em caso de laranjas



Por: | Manchetes

Compartilhar:
         

Presidente Bolsonaro se reúne com Ministro do Turismo, que cancela encontro com vice-presidente Mourão. O Chefe de Estado está sendo pressionado a demitir Marcelo Álvaro após denúncias do seu envolvimento em esquema de candidatos laranjas em Minas.

Bolsonaro se reúne com Ministro do Turismo envolvido em caso de laranjas (foto: internet)

Receba Mais notícias como essa – Clique Aqui!

Candidaturas laranjas

O presidente Bolsonaro recebeu nesta última quarta-feira (20) o ministro do Turismo. Marcelo Álvaro (PSL) foi acusado por ser o principal responsável de um forte esquema de candidaturas laranjas no estado de Minas Gerais.

Ao ser questionada, a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto declarou não saber o motivo da reunião, sobretudo em meio à uma crise como a que está acontecendo devido às acusações de candidaturas laranjas do PSL.

Por outro lado, a assessoria do ministro do turismo declarou que a reunião ocorreu devido um pacote de projetos para melhorar o turismo no país. No entanto, não entrou em detalhes quanto ao tema.

Bolsonaro se reúne com Ministro do Turismo envolvido em caso de laranjas (foto: internet)

Leia Também:

Presidente Bolsonaro gera polêmica ao considerar Globo como inimiga e emissora revida

Após crise com Bebianno, Bolsonaro planeja estratégia para aprovação da Reforma da Previdência

Reunião com o vice-presidente

De acordo com a agenda do Ministro do Turismo, ele tinha programado uma reunião com o vice-presidente Mourão para tratar de temas relacionados a situação de crise em Brumadinho (MG).

No entanto, Álvaro não chegou a comparecer na reunião e a assessoria do vice-presidente não foi informada a respeito da ausência do ministro. Essa mudança de planos chamou a atenção da mídia e levantou a suspeita de que o ministro do Turismo falou sobre as acusações de candidaturas laranjas do PSL.

Isso porque, a reunião aconteceu logo depois que a ex-candidata a deputada de Minas, Cleuzenir Barbosa entregou ao Ministério Público uma mensagem via WhatsApp em que um assessor do ministro do Turismo cobrava a devolução da verba para a sua campanha por meio de uma empresa ligada a outro dos assessores de Álvaro.

Desde essa denúncia, aliados do presidente Bolsonaro aconselham a retirada do Ministro do Turismo. O Chefe de Estado também está sendo pressionado nas redes sociais pelos próprios eleitores para que uma decisão seja tomada e que o ministro seja exonerado.

Um dos eleitores chegou a declarar:

“Esse fato tem que ser apurado rápido e espero que diante de mais evidências este Sr seja exonerado, por hora o Presidente @jairbolsonaro e equipe tem nossa confiança, mas não acho prudente queimar com casos desse tipo! À ver!”


Redação A Folha Hoje

https://www.afolhahoje.com/

A Folha hoje é um portal Notícias, Entretenimento e Conteúdo de nichos específicos como, concurso público, dicas de cartão de crédito, resultados de loterias, e muito mais. Para falar conosco envie um e-mail para contato.afolhahoje@gmail.com

  

0 Comentários