26 de Abril de 2019, atualizado ás 17:04

Bolsonaro veta campanha do Banco do Brasil e gera polêmica



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

O Banco do Brasil criou uma campanha publicitária que em geral era voltada para o público mais jovem, na campanha em questão estava sendo divulgado a abertura de conta pelo próprio celular, através do internet banking. A mesma então foi retirada do ar através de uma recomendação do atual presidente da República Jair Bolsonaro, esse mesmo episódio acabou envolvendo a demissão do próprio diretor de Comunicação que estava de férias.

A propaganda que era estrelada por vários atores entre eles os negros e os brancos, englobava a representação tanto racial quando sexual dentro do país, tal propaganda começou a passar na Tv e internet no dia 1º de abril, entretanto, saiu do ar em torno de duas semanas atrás.

Bolsonaro veta campanha do Banco do Brasil e gera polêmica (foto: internet)

Polêmicas sobre vetos de Bolsonaro

No momento ainda não foi apresentado nenhum motivo para que ocorresse a retirada de tal propaganda, entretanto, Bolsonaro entrou em contato com Rubem Novaes do Banco do Brasil para então falar sobre tal peça.

Porém, segundo o próprio presidente do BB, a saída do então diretor de Comunicação e Marketing aconteceu de uma forma completamente consensual. Atualmente esta é a 4ª vez que o próprio presidente Bolsonaro determina que ocorram a retirada de campanhas por discordar por completo de seu conteúdo.

Em janeiro o então presidente determinou que o Ministério da Saúde acabasse suspendendo a divulgação de uma cartilha que estava voltada por completo para a as mulheres trans, segundo a justificativa esse material em questão trazia “incorreções técnicas”.

Essa retirada da cartilha acabou provocando uma grande reação de especialistas, principalmente os da saúde, afinal segundo os mesmos isso era um enorme retrocesso na política de prevenção do próprio governo.

Logo assim como o próprio Diretor do BB, a também diretora do Departamento de infecções Sexualmente Transmissíveis tais como o HIV, foi exonerada de seu cargo.

O fato é que Bolsonaro mostrou em sua campanha um lado conservador e realmente é o que está trazendo atualmente para seu mandato, há uma divisão clara entre os que aceitam e os que não aceitam as determinações do então presidente.




Redação A Folha Hoje

https://www.afolhahoje.com/

A Folha hoje é um portal Notícias, Entretenimento e Conteúdo de nichos específicos como, concurso público, dicas de cartão de crédito, resultados de loterias, e muito mais. Para falar conosco envie um e-mail para contato.afolhahoje@gmail.com

  

0 Comentários