Dados fornecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), uma organização com sede na Suíça, especializada em casos voltados a saúde mundial, revelam que nesta quarta-feira (18) os casos confirmados para coronavírus (COVID-19) já atingem um total de 194.029 mil registros.

A Folha Hoje | notícias

Chega a 185 mil o número de infectados com o coronavírus pelo mundo (Imagem: AFolhaHoje)
Chega a 190 mil o número de infectados com o coronavírus ao redor do mundo (Imagem: AFolhaHoje)

RELACIONADAS



Contudo, o surto que começou a ser denunciado em meados de setembro de 2019 em Wuhan, na China, cresceu descontroladamente, 20 vezes mais do que os casos ocorridos no exterior.

Só na China, o número de casos já ultrapassam 82 mil. Sendo a região mais afetada, onde registra o maior número de pessoas infectadas atualmente.

Entretanto, a Itália se encontra em segundo lugar em número de casos, chegando a 28 mil confirmações, mas com um agravante, sendo o país onde mais houveram vítimas fatais em decorrência do coronavírus. Representando 3% dos casos confirmados, somando mais de 2.500 mortos.

Hospital onde homem morreu por coronavírus tem 4 óbitos investigados (YouTube: Record News)

O impacto do coronavírus no Brasil

Sobre o coronavírus no Brasil, ontem, terça-feira (17), o país registrou o primeiro caso de morte relacionada a doença. A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo confirmou em entrevista o caso, informou que um senhor de 62 anos, que sofria de diabetes e hipertensão, estava internado desde o dia 14 de março e veio a falecer na tarde do dia 16.

Atualmente, no Brasil, temos mais de 8.819 casos são suspeitos do coronavírus (COVID-19). Além disso, já são 350 confirmações de pessoas infectadas e 1 morte relacionada a doença. Os números tendem a crescer nos próximos dias. Embora medidas preventivas estejam sendo tomadas em todos os estados brasileiros.

Esteja sempre atento sobre as fake news sobre o coronavírus (COVID-19) (Twitter: Secretaria da Saúde SP)

Algumas medidas de prevenção sobre a COVID-19

Além disso, em diversas regiões do Brasil já estão sendo adotadas greves regionais, que irão durar pelos próximos 15 dias, paralisando as redes educacionais públicas e privadas, incluindo universidades. Assim como, o adiamento de competições esportivas e quaisquer outros eventos, sob o contexto de desacelerar a propagação do vírus.

Contudo, a Secretaria de Saúde alerta que algumas precauções devem ser tomadas. Como:

  • isolamento domiciliar;
  • evitar viagens e aglomerações;
  • cobrir a boca ao tossir;
  • higienizar bem as mãos;
  • e conscientizar outras pessoas sobre as medidas de prevenção.
Proteja sua família do coronavírus (Twitter: OPAS/OMS)

Essas e outras informações poderão ser acessadas no site da Secretaria da Saúde através desse link.

Gostou dessa notícia? Confira o site A Folha Hoje através do link para encontrar mais assuntos interessantes sobre diversos temas. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui