-Publicidade-

CBLOL: Fla lidera a tabela e kabum segue na cola

-Publicidade-

Após muitos perrengues com a troca do jogador Chang “LUCI” Han, o flamengo volta ao foco e atropela as duas equipes nesta ultima semana e lidera a tabela.

A equipe KaBuM! e-Sports segue logo abaixo colada com a mesma pontuação, os 2 lideres da tabela já criam expectativa para a final do CBLOL, que ocorre dia 7 de setembro na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro.

CBLOL: Fla lidera a tabela e kabum segue na cola (Fonte: LoL Esports BR)
CBLOL: Fla lidera a tabela e kabum segue na cola (Fonte: LoL Esports BR)

História sobre a KaBuM

-Publicidade-

Primeira equipe brasileira a participar de um Mundial (2014), primeira a quebrar a barreira de um time de “segundo escalão” para estar entre as favoritas. A KaBuM fez história, mas o caminho não foi fácil. Por muito tempo, foi vista como o “quarto time” do cenário, mas em 2014 o time surpreendeu, vencendo o CBLoL, o IWCQ e até arrancando uma vitória sobre a Alliance, a primeira de uma equipe brasileira e Wildcard no campeonato, e que é lembrada até hoje como um dos melhores momentos da história da competição. No entanto, depois do Mundial, o time nunca mais foi o mesmo.

Com diversas mudanças, a equipe penou em 2015 e 2016, amargando lutas na Série de Promoção e sofrendo com saídas de jogadores e uma aparente falta de jogo coletivo. Após anunciarem que encerrariam a participação em competições de LoL, a organização voltou atrás e continuou em busca das velhas glórias, mas os problemas internos cresceram a ponto de a equipe ser rebaixada para o Circuito Desafiante. (Via: LOLESPORTSBR)

História sobre o Flamengo eSports

-Publicidade-

O anúncio da criação da divisão de esportes eletrônicos do Flamengo gerou uma expectativa gigantesca no cenário, sobretudo porque foram prometidas grandes contratações. O clube cumpriu suas promessas e criou um grande elenco ao redor de ninguém menos do que brTT. Com MiT no comando, e jogadores com experiência internacional no plantel, era esperado que os Urubus dominassem o Circuito Desafiante e conquistassem a vaga direta para a elite nacional. Não foi bem assim.

A Fase de Pontos foi marcada por alguns tropeços, e o segundo lugar foi amargo. Tudo seria diferente nos playoffs, certo? Também não. A equipe foi vencida pela IDM Gaming e a pressão tornou-se quase insuportável. Só teriam mais uma chance de ascender ao CBLoL naquela Etapa, tudo definido em uma única Md5, contra a Team One, e só conseguiram a classificação no limite. A equipe passou por uma reformulação considerável para disputar seu primeiro CBLoL, importando um Caçador coreano e alterando o Meio. (Via: LOLESPORTSBR)

Confira a tabela

(Fonte: LoLesportsbr)

-Publicidade-

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política