A falta de articulação política do governo Bolsonaro e a reação do PSL quanto a prisão do ex-presidente Michel Temer, causou incômodo nos deputados do centrão. Isso fez com que eles ameaçassem retaliar as propostas governamentais enviadas ao Congresso Nacional.

Para tanto, os parlamentares de partidos do PP, DEM, PR e PRB discutissem a aprovação do projeto de lei do presidente. Ele tem como objetivo oferecer a isenção do visto para todos os viajantes dos Estados Unidos que desejam visitar o Brasil.

Isenção de visto

Centrão ameaça acabar com decreto de Bolsonaro sobre isenção de visto (foto: internet)
Centrão ameaça acabar com decreto de Bolsonaro sobre isenção de visto (foto: internet)

RELACIONADAS



O projeto de lei enviado pelo presidente Bolsonaro tem como principal objetivo proporcionar uma isenção unilateral de visto para os cidadãos do Canadá, Estados Unidos, Japão e Austrália. Essa medida foi anunciada pelo próprio Chefe de Estado durante a sua visita aos EUA.

O principal motivo da rejeição da medida é o fato dela não ter reciprocidade, ou seja, os brasileiros que desejam visitar os países citados acima continuam precisando obter um visto. Essa é a base das principais críticas feitas a respeito do projeto de lei apresentado ao Congresso Nacional.

Articulação contra o decreto

Centrão ameaça acabar com decreto de Bolsonaro sobre isenção de visto (foto: internet)
Centrão ameaça acabar com decreto de Bolsonaro sobre isenção de visto (foto: internet)

Os principais líderes políticos do bloco Centrão – que faz oposição ao governo – estão se articulando internamente para intervir no decreto sobre isenção de visto, realizado por Jair Bolsonaro durante a sua visita presidencial aos Estados Unidos.

Essa é uma resposta contra a ausência de articulação política que tem ocorrido no Palácio Planalto. Segundo o líder do partido PR, Wellington Ribeiro, essa decisão não tem sentido, afinal não houve reciprocidade dos Estados Unidos em isentar o visto para os brasileiros.

Afinal, o objetivo de uma medida de isenção de visto consiste em que ambos os países cedam e ofereçam esse benefício aos cidadãos de cada nação.

Requerimento em votação

Na última quinta-feira (21) os partidos que compõem o bloco do centrão adotaram uma estratégia de oposição para conseguir aprovar o projeto do PSOL, que visa anular o decreto do presidente Jair Bolsonaro.

A previsão é que os parlamentares realizem uma votação na terça-feira (26) através de uma solicitação de urgência que permita a aprovação do projeto do PSOL na mesma terça-feira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui