Sendo assim, a cidade de Santana do Ipanema, localizada no Sertão de Alagoas, recebeu uma quantidade forte de chuvas na última noite, o que levou ao transbordamento do riacho Camoxinga, que fica em Pernambuco.

SIGA => A FOLHA HOJE NO GOOGLE

De acordo com o corpo de Bombeiros, a água e a lama invadiram as casas, que ocasionou em enchentes, levando os moradores a saírem de suas residências as pressas, ficando desabrigados. Porém, não houve registros de mortos.

Chuva forte deixa desabrigados em Santana do Ipanema em Alagoas - foto: g1.globo.com
Chuva forte deixa desabrigados em Santana do Ipanema em Alagoas – foto: g1.globo.com

RELACIONADAS



Portanto, somam-se 33 militares, que estiveram no local para auxiliar as pessoas que estão desabrigadas e as que ainda permaneceram em suas casas, sem conseguir sair. Então, segundo o relatório dos Bombeiros, já são 40 moradores desabrigados, que estão na Igreja de São Cristóvão.

Dessa maneira, as demais pessoas que perderam sua moradia, foram encaminhadas para a Universidade Estadual de Alagoas (Uneal). Ainda não há estimativa da quantidade total de pessoas que precisaram deixar suas casas.

Defesa civil alerta sobre mais chuva forte para Santana do Ipanema

Chuva forte deixa desabrigados em Santana do Ipanema em Alagoas - foto: g1.globo.com
Chuva forte deixa desabrigados em Santana do Ipanema em Alagoas – foto: g1.globo.com

Segundo a Defesa Civil, foi emitido um alerta aos moradores das casas que ficam mais perto do riacho, avisando sobre o perigo do volume de água aumentar.

Agora, tanto a Defesa Civil, quanto os Bombeiros e os técnicos da prefeitura, permanecem monitorando a situação e a previsão é que haja mais chuva forte para Santana do Ipanema.

Em entrevista a imprensa, um morados da região, José Everaldo Silva, comenta sobre o desespero que a população viveu durante o corrido. “O nível da água sumiu muito e foi até uns 3 metros nas casas mais próximas”, ressalta José.

Além disso, José comentou sobre a situação emocional dos moradores, que permanecem assustados com a precisão de mais chuvas. “Falaram de outra barragem que transbordou, então vai vir muita água, assim como ontem. Tem muita gente desabrigada, que perdeu seus móveis. Casas foram destruída”, lamenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui