29 de Janeiro de 2019, atualizado ás 12:01

Cirurgia para remoção de bolsa de colostomia do presidente Jair Bolsonaro foi um êxito



Por: Redação A Folha Hoje | Notícias

Compartilhar:
         

O presidente Bolsonaro foi internado nesta última segunda-feira, 28, para a realização de uma cirurgia que tem como objetivo religar o intestino e a remoção da bolsa de colostomia. Segundo os médicos, o procedimento foi realizado com êxito e estimam que o Chefe de Estado tenha alta nos próximos 10 dias.

Cirurgia para remoção de bolsa de colostomia do presidente Jair Bolsonaro foi um êxito

Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

Cirurgia do presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro foi submetido na última segunda-feira, 28, o procedimento cirúrgico ocorreu no Hospital Albert Einstein. A operação foi iniciada por volta das 8hrs e terminou depois de sete horas. Em nota, o Palácio do Planalto declarou que a cirurgia aconteceu com êxito.

Segundo o boletim médico, a cirurgia para a remoção da bolsa de colostomia foi realizada sem nenhum tipo de intercorrências ou da necessidade de fazer uma transfusão de sangue.

Cirurgia para remoção de bolsa de colostomia do presidente Jair Bolsonaro foi um êxito

O procedimento cirúrgico

Segundo os médicos, o procedimento cirúrgico consistiu em uma anastomose do íleo com o cólon transverso. Ele consiste na união do intestino delgado com outra parte do intestino grosso, onde foram retirados de 20 até 30 centímetros. Essa era a parte que conectava o intestino delgado com a bolsa de colostomia.

“No momento, o paciente encontra-se, na Unidade de Terapia Intensiva, clinicamente estável, consciente, sem dor, recebendo medidas de suporte clínico, prevenção de infecção e de trombose venosa profunda” declara o boletim médico emitido pela instituição.

Leia também

Presidente Bolsonaro é submetido a cirurgia para retirar a bolsa de colostomia 

Presidente Jair Bolsonaro sobrevoa Brumadinho

Recuperação de Jair Bolsonaro

Estima-se que a recuperação do presidente Jair Bolsonaro aconteça nos próximos dez dias. Por enquanto, ele precisa ficar em completo repouso por até 48hrs, contados desde o início da cirurgia. Assim, a depender da evolução do seu estado clínico, o Chefe de Estado poderá retornar suas atividades na próxima quarta-feira (30).

A partir desse período, ele poderá voltar a fazer as suas atividades de despacho dentro da estrutura elaborada dentro do hospital. Agora, o presidente está sendo acompanhado não só pela equipe técnica, como também pelos seus três filhos, Carlos, Renan e Eduardo, além da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Enquanto o Chefe de Estado não recebe alta, vice presidente Hamilton Mourão fica à frente das decisões do país.


Redação A Folha Hoje

https://www.afolhahoje.com/

A Folha hoje é um portal Notícias, Entretenimento e Conteúdo de nichos específicos como, concurso público, dicas de cartão de crédito, resultados de loterias, e muito mais. Para falar conosco envie um e-mail para contato.afolhahoje@gmail.com

  

0 Comentários