Concurso Banco Central 2018: Previsão de Vagas, Inscrições e Remuneração!

Devido ao grande déficit de servidores uma proposta de um novo Concurso Banco Central 2018 foi encaminhada ao Ministério do Planejamento. A expectativa é grande para sua aprovação já que o último concurso realizado teve sua validade encerrada no fim de 2015.

A organização feita no concurso anterior ficou a cargo do Departamento de Gestão de Pessoas do Banco Central e executado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB), podendo contar com a mesma banca para o próximo certame.

Concurso Banco Central 2018: Vagas!

No requerimento que foi encaminhado ao Ministério, o pedido é de 990 vagas, consistindo em 40 vagas para Procurador, 150 vagas para Técnico e 800 para Analista. As inscrições são realizadas exclusivamente pelo site da própria banca organizadora, com a taxa de inscrição de R$ 190 para Procurador, R$ 120 para Analista e de R$ 70 para Técnico.

A remuneração oferecida para o cargo é uma das melhores do país. O Banco Central oferece vencimento de R$ 17.788,33 para o cargo de Procurador, R$ 16.286,90 para Analista e a soma de R$ 6.463,44 para a vaga de Técnico. O certame conta com benefícios próprios da carreira e auxílios para seus funcionários.

Dicas de Estudos para o Certame do Banco Central

Uma excelente opção para se preparar antecipadamente e sair na frente dos concorrentes é, ler o edital anterior e baseando-se por ele, estudar todo o conteúdo da prova passada.

Apostila Analista – Conhecimentos Básicos

Apostila Técnico – Suporte Técnico-Administrativo – Área 1

Apostila Técnico – Segurança Institucional – Área 2

Quais são as matérias exigidas para o Concurso Banco Central 2018?

Concurso Banco Central 2018
Concurso Banco Central 2018. Imagem: Reprodução da Internet.

Para aqueles que se dedicam aos estudos, alguns conteúdos são exigidos e cabe ao candidato ficar de olho. Na prova anterior às questões obtiveram o valor de 120 pontos totais.

No último concurso foram abordados os conteúdos de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Sistema Financeiro Nacional e Sistema de Pagamentos Brasileiro, Economia, no caso de Analista.

Já para Técnico foram cobradas as disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Gestão Pública, Informática para Usuários, Raciocínio Lógico-Quantitativo e Conhecimentos Específicos. O candidato deve verificar o edital e estudar as matérias que são necessárias para o cargo escolhido.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here