Ainda não há nenhuma sinalização oficial de realização de Concurso Público dos Correios para 2018. Porém, muitas informações já foram divulgadas. Entre essas informações há muitos dados e declarações controversos, partindo de diferentes fontes.

De acordo com informações recebidas pela assessoria de comunicação do órgão, não há previsão de novos concursos este ano. Ainda segundo a mesma fonte, atualmente os Correios estão redimensionando sua força de trabalho, hoje com 106 mil empregados, para melhoria dos processos internos.


RELACIONADAS



Em 2017 a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) confirmou ao Alagoas24Horas o lançamento do edital de seu mais novo concurso público que terá o certame publicado em outubro. Segundo a assessoria de imprensa dos Correios, a seleção contará com oportunidades nas áreas de engenharia, saúde e segurança, com opções para quem possui níveis médio ou superior.

Pedidos de Concurso Público

Trabalhadores do órgão reclamam de sobrecarga de trabalho e junto com órgãos representativos, como a Fentect – Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares, pedem a realização de novos concursos públicos para efetivos, em substituição aos trabalhadores terceirizados.

Segundo dados da Fentect, a defasagem no quadro permanente dos Correios chega a 20 mil funcionários. Por isso, o órgão intenciona fazer um pedido de realização de concurso público o quanto antes.

De acordo com a assessoria da ECT, estão sendo feitos estudos a respeito da quantidade de funcionários na ativa e também sobre a necessidade de novos servidores. Assim que os encaminhamentos em relação a esta demanda foram concluídos, o pedido deve ser feito.

Além disso, o último concurso dos correios para os cargos de Agente, Técnico e Especialista foi realizado há quase 7 anos e já está com a validade expirada. Ou seja, os servidores aprovados que não foram chamados não podem mais ser nomeados.

Dica para futuro Concurso Público

Ainda não há previsão de abertura, mas uma dica válida em relação aos requisitos, é em caso de critérios que podem ser ajustados ou regularizados, o candidato organizá-los o quanto antes. Uma vez que a data de abertura do certame não é conhecida, é importante estar sempre com a situação regular em relação aos termos de posse.

São requisitos necessários para que os candidatos aprovados tomem posse nos cargos: ter idade mínima de 18 anos, ter nacionalidade brasileira, possuir certificado ou diploma de conclusão de curso e requisitos exigidos, de acordo com o cargo pretendido, estar em dias com as obrigações eleitorais e com as militares (se candidato do sexo masculino).

O Último Certame

O último grande concurso dos correios foi realizado em 2011. Por meio do edital Nº 11 – ECT, foram disponibilizadas 9.190 vagas, mais formação de reserva, para diversas carreiras de nível médio e nível superior. A oferta se estendeu a todos os estados brasileiros.

Foram contempladas carreiras de analista de correios, analista de saúde, atendente, auxiliar de enfermagem do trabalho, carteiro, enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho, operador de triagem e transbordo e técnico em segurança do trabalho.

Em 2015, um concurso público para os Correios foi anunciado. Porém, o Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST), do Ministério do Planejamento, suspendeu o certame.

Na época, o anúncio do adiamento veio depois de os concursos federais terem sido suspensos como uma das formas de contenção de gastos. Seriam abertas cerca de 2.000 vagas, mais formação de cadastro de reservas, de nível médio para as funções de Carteiro e Operador de Triagem.

No concurso de 2011, onde mais de 9 mil vagas de nível médio foram disponibilizadas, a concorrência em todos os estados brasileiro foi gigantesca. A quantidade de inscritos chegou ao número de 1.051.256 de pessoas.

As vagas mais concorridas foram as de atendente comercial, com 667.798 candidatos inscritos. Algumas oportunidades registraram a concorrência de mais de 2.300 candidatos por vaga. O que fez deste um dos concursos mais disputados do país.

O Conteúdo programático – Concurso público

O certame de 2011 (Nº 11 – ECT) foi executado sob responsabilidade do Cebraspe. A cobrança foi de 120 questões. Os candidatos tiveram que julgar itens em certo ou errado, conforme as questões tradicionais dessa banca.

O conteúdo programático do certame trouxe alguns temas comum a todos os cargos. São eles:

  • Matemática;
  • Língua Portuguesa;
  • Informática.

Vale lembrar que apesar de serem conteúdos muito básicos, o Cespe é uma banca que cobra principalmente raciocínio por parte dos candidatos. Portanto, é preciso ter um conhecimento amplo sobre estes temas. E também a capacidade de análise e interpretação de textos e dados.

Como dito anteriormente, muitos candidatos estão se preparando para esta seleção há algum tempo. Vale lembrar que esta é uma vantagem em relação aos demais concorrentes. Um cronograma de estudos sólido e elaborado com bastante antecedência em relação a abertura do edital está entre as principais dicas de especialistas em concursos públicos.

Uma das bases do conteúdo de Língua Portuguesa e de toda a prova, é a interpretação de textos. Este foi o primeiro tema do conteúdo da matéria no edital de 2011.

Com informações Edital Concursos Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui