-Publicidade-

Conheça os problemas mais comuns no ar-condicionado

Veja o que fazer para garantir o bom funcionamento do seu ar-condicionado e como identificar problemas em seu aparelho.

-Publicidade-

Em um país de clima tropical como o Brasil, o ar-condicionado torna-se um eletrodoméstico essencial nas residências e ambientes de trabalho.

No entanto, assim como qualquer outro tipo de aparelho, com o tempo e até mesmo mau uso, ele começa a apresentar defeitos.

Pensando nisso, conheça os problemas mais comuns no ar-condicionado!

Como identificar o mau funcionamento do ar condicionado

-Publicidade-

Conheça os problemas mais comuns no ar-condicionado
Conheça os problemas mais comuns no ar-condicionado. (Foto: Divulgação)

Existem diversos fatores que podem interferir no desempenho deste eletrodoméstico.

Pensando nisso, montamos uma lista para de sinais que você deve ficar atento para que assim, entre em contato com o profissional adequado para realizar o conserto:

-Publicidade-

  1. O compressor e o motoventilador não funcionam;
  2. O compressor não funciona, o motoventilador funciona;
  3. O compressor funciona continuamente, mas não desliga;
  4. O ar condicionado não liga;
  5. Desempenho abaixo do esperado;
  6. Compressor fica ligado por pouco tempo;
  7. O aparelho causa mau cheiro;
  8. O aparelho vaza água;
  9. O motoventilador gira em sentido contrário;
  10. O aparelho não resfria o ar.

Formas de garantir o funcionamento correto do ar-condicionado

Além de adquirir um bom aparelho, é necessário tomar os devidos cuidados para que não haja algum tipo de falha técnica provocada por mau uso.

Também fique atento à todas as especificações informadas no manual de instruções, também siga algumas dicas importantes que separamos para te ajudar:

-Publicidade-

  • Higienize a serpentina (unidade evaporadora). Para isso, use ar comprimido ou um jato de água de baixa pressão no sentido contrário das aletas;
  • Siga as instruções do fabricante a respeito do tempo de duração dos filtros de ar. Isso porque, essas peças são responsáveis por reter a poeira, de forma que elas não voltem a circular no ambiente;
  • A unidade condensadora também deve ser higienizada corretamente uma vez que fica ao ar livre e exposta a todos os tipos de sujidades e acúmulo de resíduos, como é o caso de insetos, folhas de árvores, poeira e afins;
  • Não se esqueça de desligar o aparelho quando ninguém estiver no espaço. Assim você diminui a circulação de partículas que são prejudiciais à saúde, além de economizar os gastos com a conta de energia;
  • A quantidade de gás refrigerante outro ponto de atenção importante. Quando está em falta, o aparelho torna-se incapaz de conseguir refrigerar o ambiente, o que acaba ocasionando o superaquecimento do compressor;
  • Por fim, mas não menos importante, agende manutenções preventivas pelo menos uma vez no ano.

Além da higienização do aparelho, o profissional adequado conseguirá verificar o funcionamento do aparelho e possíveis trocas, bem como fazer a limpeza do ar condicionado de uma maneira mais minuciosa.

Importância da manutenção preventiva

Já ouviu aquele ditado que diz que “prevenir é melhor que remediar”? Pois bem, o mesmo vale para o seu ar condicionado!

Isso porque com a manutenção preventiva, e boas práticas diárias de uso você garante o funcionamento correto do aparelho, e evita gastos inesperados.

Quando você deixa tais precauções de lado, acaba correndo o risco do eletrodoméstico apresentar um defeito mais grave e consequentemente de precisar de um conserto mais caro.

Com os cuidados e manutenções indicadas, você consegue economizar mais pela diminuição de reparos e consequentemente pelo aumento de tempo da vida útil do ar condicionado.

Também como assegura que o ambiente terá um ar mais saudável sem a presença de microorganismos causadores de doenças respiratórias (como bactérias, fungos etc), melhora a produtividade do aparelho, e ainda tem a segurança de contar com as peças sob garantia.

Agora que você já sabe quais medidas devem ser tomadas para garantir o funcionamento correto do ar condicionado, não deixe de tomar esses cuidados tanto para evitar gastos inesperados e expressivos, mas também, para assegurar a saúde de todos do ambiente!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política