-Publicidade-

Contrato com Esporte Interativo faz Santos perder R$ 13,5 milhões no Brasileirão

-Publicidade-

Antes mesmo de receber a notícia de que Sampaoli não seria técnico do Santos em 2020, a equipe da baixada paulista já vinha sofrendo um baque financeiro.

Tudo porque, mesmo ficando com o vice campeonato do Brasileirão 2019, o Santos não viu a cor do prêmio de R$ 31,7 milhões, devido as negociações ainda na gestão do ex-presidente Modesto Roma Júnior, com o Esporte Interativo para as transmissões na TV fechada, perdendo cerca de R$ 13,5 milhões.

Assim, chegará aos cofres do Santos apenas o valor em torno de de R$ 18,2 milhões, ou 42,5% a menos do que o inicialmente estipulado. 

Contrato com Esporte Interativo faz Santos perder R$ 13,5 milhões no Brasileirão
Contrato com Esporte Interativo faz Santos perder R$ 13,5 milhões no Brasileirão – Foto: Internet

-Publicidade-

Com um mês de direitos de imagem atrasados para cerca de 30% do elenco, o presidente do Santos, José Carlos Peres, em recente reunião com parte do elenco, prometeu usar o dinheiro da premiação do campeonato para quitar  as pendências financeiras antes do final do ano de 2019.

O problema é que, além dos direitos de imagem, o clube precisa solucionar ações trabalhistas com funcionários demitidos. 

Ou seja, mesmo que tenha conseguido um bom resultado no Brasileirão 2019, o Santos vai começar o ano com os cofres vazios, e esse pode ter sido um dos motivos para a saída de Sampaoli do time, devido a falta de investimento e contratações que o Peixe fará para a próxima temporada.

-Publicidade-

Resta aos torcedores contar com os jogadores da base do Santos, que já vem há alguns anos sendo transferidos para a equipe principal, poupando custos com contratações de peso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política