Na história do clássico entre as duas seleções, Brasil e Argentina, nunca houve um encontro em uma semifinal de Copa América. A primeira vez será nesta terça-feira, às 21h30, no Mineirão.

Na TV aberta, o jogo será transmitido pela Rede Globo, com narração de Galvão Bueno e comentários de Júnior e Walter Casagrande. Já entre os canais fechados, o SporTV exibirá a partida com narração de Milton Leite e comentários de Maurício Noriega e Muricy Ramalho.

ONDE ASSISTIR

COPA-AMERICA 2019 BRASIL X ARGENTINA
COPA AMERICA 2019 BRASIL X ARGENTINA

RELACIONADAS



As duas potências do futebol disputaram 32 jogos entre si na história da Copa América. Os hermanos venceram 15, os brasileiros 9, e houve 8 empates.

⬇⬇Leia também outras matérias relacionadas a Copa América⬇⬇
Copa América 2019: Brasil vence o Paraguai nos pênaltis

O Brasil nunca perdeu em casa para a Argentina em partidas não-amistosas, e está invicto há sete jogos em casa contra a Albiceleste em todas as competições; a última vez que os argentinos venceram a Seleção Canarinho como visitante foi em 1998 (1-0, em amistoso).

De um lado um Brasil pressionado por jogar em casa, que vem de eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo e campanhas recentes ruins na Copa América.

Do outro está a Argentina de Messi, que sofre, não empolga, e tenta acabar com incômodo jejum de 26 anos sem conquistas. A seu favor está o palco do jogo, o Mineirão. Foi lá que o Brasil perdeu por 7 x 1 para a Alemanha na semi do Mundial de 2014.

⬇⬇Leia também outras matérias relacionadas a Copa América⬇⬇
Copa América: Brasil vence o Paraguai nos pênaltis

Jogadores

COPA-AMERICA 2019 BRASIL X ARGENTINA
BRASIL X ARGENTINA


Para o jogo desta terça, Tite terá o retorno de Casemiro ao time. Alex Sandro deve seguir na lateral, apesar de Filipe Luís ter retomado os treinos. A equipe deve ir a campo com: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, T. Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; G. Jesus, Everton e Firmino.

Na Argentina, Scaloni confirmou Agüero entre os titulares. Di María e Dybala devem ser opções no banco. A Argentina inicia com: Armani, Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; Paredes, De Paul e Acuña; Messi, Agüero e L. Martínez.

Tudo sobre a Copa América – Clique Aqui!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui