Coronavírus: Ministério da Saúde confirma 2.915 casos
Ministério da Saúde revela que volta a crescer o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil e alerta sobre a atual situção.
Por: Anderson Gomes / 26 de Março de 2020 às 20:23:38

[spns_amp_optin subscribe='Assistir Notícias Ao Vivo' unsubscribe='Remover inscrição']

Na tarde desta quinta-feira (26), o Ministério da Saúde revelou um novo balanço sobre os casos de coronavírus (COVID-19) no Brasil. E chamou a atenção também para o aumento de doenças sazonais, que irão surgir nos próximos meses, e pede o apoio da população para a prevenção.

Em um nova atualização publicada hoje, o total de casos confirmados para coronavírus, no Brasil, chega a 2.915, um aumento de 20% em relação aos números publicados ontem. Desses casos, 77 óbitos estão relacionados a doença.

O ministério também registrou 11.257 casos de síndrome aguda grave no estado de São Paulo. E alerta, que os próximos meses, haverá um crescimento de casos de influenzas e dengue no Brasil. Será um mês sobrecarregado quanto a aparição de doenças sazonais e conta com o apoio da população no combate e prevenção.

Também foi citada na entrevista, a recomendação dada pela Organização Mundial da Saúde, que pede que o Ministério da Saúde ampliem a base de testes sobre os casos de coronavírus. E que o número de casos no país depende da transmissão e do número de testes feitos, para identificar a presença do Covid-19.

Siga: A Folha Hoje no Google News

Ainda é cedo para se ter uma visão do alcance da doença
O Ministério da Saúde atualiza o balanço de número de casos do Covid-19 no Brasil

Em entrevista, o Ministério da Saúde diz que pretende fazer o possível para obter o menor número de casos e o menor número de óbitos nos próximos 30 dias. Esses foram os principais pontos tocados pelas perguntas. E ressalta que é precoce avaliar os impactos das medidas contra o coronavírus neste momento.



Em entrevista, esclarece também uma questão sobre à identificação de vítimas. O IML vem tendo dificuldades para manipular amostras que vão repassar as informações mais precisas para o Ministério da Saúde. Se o óbito ocorre dentro de uma instituição hospitalar, está sujeito a avaliações secundárias, que estudam outras possibilidades para a causa da morte.

O apoio da população é imprescindível no combate ao coronavírus

Há dificuldade no fluxo de informação entre os estados, onde a coleta de dados é feita por telefone, sendo um serviço minucioso e lento. Além disso, fala que há riscos de erros sobre a segurança das informações e sobre a dificuldade na obtenção de equipamentos de EPI para os profissionais da saúde.

O Ministério da Saúde reforça a fala sobre as aglomerações. Que a população deve estar atenta aos riscos e evitar ao máximo se reunir em locais fechados com muitas pessoas, o que aumenta o risco da disseminação do coronavírus. E chama a atenção para os idosos, que devem levar as medidas de quarentena a risca, não ignorando qualquer precaução vigente.

E fala também sobre atividades significativas, que as pessoas mantenham o cuidado com a mente e o corpo. Isso pode ser feito de forma individual, em locais abertos, sem aglomerações ou o contato físico com outras pessoas.

Ao final acentua o que foi dito, que os comunicados dados pelo Ministério da Saúde não devem contrariar as medidas que são adotadas em cada estado e municípios do país. E fala que não são recomendações do Ministério da Saúde ignorar a saúde pública, que as pessoas devem se cuidar em tempos de quarentena.

Ministério da Saúde atualiza a situação sobre os casos de COVID-19 no Brasil

Postado por: Anderson Gomes
Sou redator e professor de Física, curto uma boa música, games e, acima de tudo, estar com minha família.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo