Coronavírus: vitamina D e zinco não serão tributados pelo Governo Federal
A medida é mais uma ação estabelecida pelo Governo Federal para o enfrentamento da Covid-19 no Brasil
Por: Kaio Campos / 07 de Abril de 2020 às 19:58:31

Looks like you have blocked notifications!

Embora não existam evidências científicas conclusivas sobre a eficácia da vitamina D no tratamento da Covid-19, doença causada pelo coronavírus, o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou no último sábado (04), por meio do seu perfil oficial na rede social Twitter, que o Governo Federal irá zerar os impostos federais da substância nos “próximos dias”.

A medida, segundo o Presidente, é mais uma ação estabelecida pelo governo como forma de enfrentamento da Covid-19 no país, a qual já foi igualmente aplicada para outras medicações, a exemplo da hidroxicloroquina e da azitromicina, medicamentos que também não possuem eficácia comprovada e ainda passam por testes para avaliação da efetividade contra o coronavírus.

Na última semana, a vitamina ganhou bastante notoriedade depois que um estudo realizado por cientistas da Universidade de Turim, na Itália, constatou, de forma preliminar, que maior parte dos indivíduos infectados pelo coronavírus, especialmente os idosos, apresentam um quadro clínico semelhante: deficiência em vitamina D.

Coronavírus: vitamina D e zinco não serão tributados pelo Governo Federal. Foto: Getty Images

Os estudiosos apontam que a deficiência em vitamina D pode ocasionar uma imunidade baixa, razão pela qual, nos últimos dias, Bolsonaro tem defendido a utilização da mesma no tratamento de pacientes infectados com a Covid-19.



Outro nutriente que o Presidente também sinalizou que não ocorrerá a incidência de qualquer tributação federal é o zinco, bem como em todos os medicamentos usados no tratamento de pacientes portadores da Covid-19.

Por outro lado, o Ministério da Saúde, através dos seus principais canais de comunicação, afirma que não há nenhuma conclusão sobre os benefícios ou sobre a ação desses suplementos vitamínicos no enfrentamento da Covid-19.

Igualmente, o órgão ministerial também esclarece que a utilização de qualquer medicação sem orientação médica pode representar graves riscos à saúde, frisando, por conseguinte, as principais medidas de prevenção que devem ser adotadas no enfrentamento do coronavírus, dentre elas, o isolamento social.

Veja também: “Aprenda como ganhar dinheiro trabalhando em casa”


Postado por: Kaio Campos
Bacharel em Direito pela UNIT/SE.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo