-Publicidade-

Corrida Internacional de São Silvestre 2019: Veja tudo sobre o evento!

-Publicidade-

Para começar, A Folha Hoje irá trazer tudo sobre a Corrida Internacional de São Silvestre. Saiba tudo sobre o grande evento, quando, onde será, quantos quilômetros (km), horário e algumas dicas para os amantes do esporte que irão competir. Veja tudo logo abaixo!

Corrida Internacional de São Silvestre

Primeiramente, a corrida de São Silvestre é bastante conhecida e tem como um dos organizadores a Fundação Casper Líbero. Além disso, a competição foi criada no ano de 1925. Assim, é a corrida mais famosa e tradicional do Brasil e América do Sul.

Então, antes a corrida contava apenas com uma trajetória de 8,8 quilômetros e geralmente era realizada em 23 minutos. Além disso, os participantes não recebiam nenhum tipo de dieta especial e eram proibidos de tomar água durante a prova.

-Publicidade-

Assim, eram carentes de um suporte mais especializado, os corredores utilizavam os mesmos calçados do treino para a corrida e usavam roupas que acumulavam o suor em suas fibras.

Com isso, o improviso e a inexperiência atuavam como praticamente como se fossem “regra”. Assim, poderia acontecer de alguns competidores ter algum problema durante o percurso.

Assistir a Corrida Internacional de São silvestre 2018:

-Publicidade-

Veja também: Saiba o que o Rafinha disse sobre o Flamengo

São Silvestre 2019

Corrida Internacional de São Silvestre 2019: Descubra tudo sobre o evento!

-Publicidade-

Antes de mais nada, a corrida internacional de São Silvestre conta atualmente com um percurso de 15 quilômetros e também com um suporte especializado para atender os competidores caso precise de algum auxílio.

Em seguida, a corrida cresceu e chamou a atenção de atletas profissionais do mundo inteiro. Atualmente, um corredor profissional prepara uma alimentação rica em carboidratos e suplementos tempos antes da prova.

Além disso, agora conta também com o suporte necessário na hora da prova. Com isso, a hidratação ao longo da corrida se tornou um grande aliado para suportar as elevações e o desgaste naturalmente produzido pela competição.

Por fim, os organizadores confirmaram a presença de dois bicampeões da Corrida Internacional de São Silvestre, o queniano Edwin Rotich, vencedor nas edições de 2012 e 2013 e de Dawit Admasu, do Bahreim, que ganhou em 14 e 17.

Entretanto, continua como o “maior vencedor” da Corrida Internacional de São Silvestre o queniano Paul Tergat com cinco vitórias e “maior vencedora” a Rosa Mota, que com seis vitórias consecutivas.

Nos acompanhe no Instagram

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política