09 de Dezembro de 2019, atualizado ás 17:12

Costureira recicla bonecas do lixo para doação de Natal de crianças

Por: | Notícias


Com o intuito de transformar o Natal de crianças carentes, uma Costureira do Espírito Santo recicla bonecas do lixo e dá uma nova face a solidariedade.

SIGA => A FOLHA HOJE NO GOOGLE NEWS

Conhecida como Chiquita Costureira, a Francisca Monteiro Alves, de 67 anos, é moradora do bairro de Santana, em Cariacica, Espírito Santo.

Francisca ficou conhecida depois de reciclar bonecas do lixo com intuito de alegrar o Natal de crianças que sonham em ter bonecas novas, mas não podem comprar.

Costureira recicla bonecas do lixo para doação de Natal de crianças
(tribunaonline.com.br)

Ela começou com a ideia de levar para essas crianças um Natal mais animado, assim sendo, começou a costurar e reciclar bonecas e pelúcias que iam para o lixo.

A Costureira Francisca se inspirou em sua própria infância, a qual era humilde e sem acesso a brinquedos novos.

Vivendo com mais seis irmãos em Aimoré, Minas Gerais, Francisca não tinha brinquedos de Natal.

VEJA TAMBÉM:

+Caixinha biodegradável criada por Will Smith chega ao Brasil
+Com apenas 1% reciclado Brasil é o 4º maior produtor de lixo plático
+Como evitar as dívidas nas compras de Natal e Ano Novo

Sendo Costureira a vida inteira, Francisca diz que foi em 2016 que a ideia de reciclar as bonecas surgiu.

Ao escutar de uma amiga sobre a felicidade das crianças ao receberem brinquedos de doações no Natal, colocou a ideia em prática e se juntou aos sorrisos da molecada.

“Eu tinha muitos retalhos, arrumei algumas bonecas velhas, revirei até no lixo, consertei todas e doei 43 bonecas”, diz Francisca.

Costureira recicla bonecas do lixo para doação de Natal de crianças
(tribunaonline.com.br)

“Foi quando eu pude ver os sorrisos das crianças e decidi que faria isso sempre, cada ano em uma comunidade diferente. Em 2018, fiz 111”, continua a Costureira orgulhosa.

Para 2019 Francisca conta que foi um ano difícil para conseguir bonecas recicláveis, pois muitas estavam em condições péssimas, devido às chuvas e alagamentos.

Mas esse detalhe não desanimou Francisca, que, entre pelúcias e bonecas, foram mais de 200 brinquedos doados às crianças.

Deste número, 30 foram para o bairro de Soteco, em Vila Velha e Francisca afirma que entregará o restante em Novo Horizonte, Cariacica.

É um ato maravilho, de se orgulhar!




G M Rhaekyrion

Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

  

0 Comentários