Cruzeiro segue em débito com a Fifa; as dívidas acumulam desde 2014
O clube de futebol Cruzeiro possui uma dívida superior a 80 milhões de reais com a Fifa, fazendo seis anos que os débitos não são pagos e só tende a piorar
Por: G M Rhaekyrion / 20 de Maio de 2020 às 12:13:50

Looks like you have blocked notifications!

O Cruzeiro acumula uma dívida gigantesca com a Fifa, que o ameaçou de perder seis pontos na próxima Série B do Brasileiro, caso os pagamentos não forem cumpridos em maio. Sendo assim, o pagamento deve ser feito até dia 29 desse mês.

Portanto, a dívida mais antiga corresponde a compra do atacante Willian, em 2014, vindo do futebol ucraniano. Além disso, existe uma lista extensa de dívidas, que somam contratações de jogadores e negociações internacionais.

Além disso, com a crise causada pela pandemia do coronavírus, a receita do clube caiu drasticamente, acarretando atrasos nos pagamentos de salários. Então, se quiser saber mais notícias sobre o futebol continue lendo A Folha Hoje.

As dívidas do Cruzeiro se acumulam desde 2014
Cruzeiro segue em débito com a Fifa; as dívidas acumulam desde 2014 – foto: esporte.ig.com.br

No ano em que o Cruzeiro marcou o bicampeonato brasileiro de futebol, o clube realizou comprar internacionais, mas que não foram quitadas desde os acordos, ou seja, desde 2014.  Além do atacante Willian, existe a do Zorya Luhansk.

Também, existe mais dois pagamentos aguardados para o segundo semestre, que é a compra do zagueiro Kunty Caicedo (2015), do Independiente del Valle, e do meia Arrascaeta (2016), do Defensor.



Sendo assim, o clube divulgou um balanço de valores a serem pagos à Fifa, onde o primeiro semestre de 2020 o pagamento seria de 36,6 milhões e no segundo semestre seria de 43,7 milhões. Por fim, em 2021, o pagamento seria de 1,1 milhão.

Todavia, os valores registrados foram alterados, visto que há a valorização de moedas estrangeiras frente ao real, fazendo a dívida geral ultrapassar mais de 81 milhões de reias, dos quais 36,6 precisam ser pagos ainda no primeiro semestre.

O clube de de futebol apenas ver as dívidas se acumularem

Cruzeiro segue em débito com a Fifa; as dívidas acumulam desde 2014 – foto: globoesporte.globo.com

Estamos vivendo um momento de exceção, em que o mundo está sofrendo com as consequências desta crise com o Coronavírus. Todos sabem da falta de recursos do Cruzeiro, e o clube teve suas receitas ainda mais comprometidas pela situação de pandemia”, explica Sandro Gonzalez, CEO do Cruzeiro.

Dessa forma, o maior medo é de chegar à falência, visto que as dívidas só aumentam e tendem a piorar com o passar do tempo e com a crise causada pela nova pandemia. Sendo assim, fica ainda mais difícil para o clube conseguir pagar.

Todavia, a débito de Willian é o único referente a uma transação de 2014. Porém, em 2015 ainda podemos citar o Morelia, do México, que soma 1,15 milhão de dólares pela compra. Portanto, essas são as dívidas mais antigas.

São muitos os débitos do Cruzeiro por comprar, mas o mais recente corresponde ao atacante Pedro Rocha. O Spartak, da Rússia, discute o pagamento de 4 milhões de reais, aproximadamente, pelo empréstimo do jogador.


Postado por: G M Rhaekyrion
Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

Load more

Notícias relacionadas

Receba nossas notícias NO CELULAR

Receba nossas NEWSLETTER

Futebol ao Vivo Receita Notícias Futebol ao Vivo