Quem nunca excedeu nas compras e passou aperto no final do mês? Ainda mais com a crise que o país vem atravessando, é cada vez maior o número de pessoas que tiveram problemas com crediário e uso do cartão de crédito.

De acordo com a pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 58% dos consumidores que recorreram ao crediário no último ano já ficaram negativados por atrasar prestações e 48% dos usuários de cartão de crédito por não pagarem a fatura.


RELACIONADAS



O levantamento mostra também que antes de contratar crédito, parte de seus usuários costumam analisar as tarifas e os juros praticados ao fazer um financiamento (71%) ou contrair um empréstimo (70%). Enquanto 45% ignoram as taxas do cheque especial e três entre dez (30%) reconhecem que não avaliam os encargos do cartão de crédito na hora de aceitar uma proposta.

Loading...

Artigos que você pode se interessar:

Já ouviu falar do cartão de crédito para aposentado?

Loading...

Banco Lança Cartão de Crédito BMG Internacional sem Consulta ao SERASA e SPC

Como solicitar cartão de crédito sem sair de casa?

Cartão de crédito de supermercado: Como ser aprovado e usufruir dos benefícios

Cuidado com o crediário e uso do cartão de crédito

crediário e uso do cartão de crédito.
Quem nunca excedeu nas compras e passou aperto no final do mês? Ainda mais com a crise que o país vem atravessando, é cada vez maior o número de pessoas que tiveram problemas com crediário e uso do cartão de crédito. (Foto: Internet)

O que vem levando as pessoas a gastar sem controle é o fato do consumidor aceitarem os cartões e crediário dos bancos ou lojas sem avaliar sua real necessidade.

Loading...

De acordo com a pesquisa, quatro em cada dez brasileiros (41%) dizem sim a ofertas de cartões de crédito de bancos ou lojas. Ao receber contato de instituições ou empresas oferecendo cartões, 15% aceitam somente se tiver isenção de anuidade e outros 15% se de fato precisarem, enquanto 7% apenas porque gostam de ter crédito disponível e 3% acabam contratando sem sequer avaliar sua real necessidade.

Já o percentual dos que aceitam propostas de instituições para aumentar o limite de cheque especial é de 37%. Quando recebem ofertas de bancos para limite maior do cheque ou crédito extra, 19% concordam apenas se houver necessidade, 14% para ter “crédito disponível caso precisem” e 4% aceitam a proposta sem avaliar se precisam. No entanto, 32% dispensam a oferta por afirmar não existir necessidade de crédito ― especialmente os homens (36%) e consumidores com mais de 55 anos (52%).

A pesquisa mostra ainda que o cartão de crédito lidera o ranking dos instrumentos de crédito mais utilizados no último ano, com 67% das menções. Em segundo lugar surge o crediário, como carnês, boletos e cartões de loja (27%). Na sequência aparecem o limite do cheque especial (17%), o empréstimo consignado em bancos (14%) e o empréstimo pessoal em bancos (12%).

Por isso, na hora de usar o seu cartão de crédito ou aceitar algum tipo de crediário, veja se realmente esse gasto não vai atrapalhar o orçamento familiar. Manter o controle é a chave fundamental para que você não se afunde no final do mês, obtendo dívidas desnecessárias.

Quer saber mais sobre os cuidado com o crediário e uso do cartão de crédito?

Então nos siga agora mesmo em nossas páginas do Facebook e do Instagram e permita nossas notificações para receber mais notícias sobre cartão de crédito, contas digitais, empréstimos e finanças em geral.

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui