Diplomata brasileira irá a encontro com autoridades do Irã

Esta reunião já teria sido agendada há algum tempo, porém, a reunião tinha sua pauta voltada para cultura. Então, com todo esse estreitamento de relações dos estados unidos com irã, a reunião poderá mudar sua pauta para explicar um pouco mais o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro.


RELACIONADAS



Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

Loading...

Segundo fontes, Maria Cristina enfatizou que a nota divulgada na noite da última sexta-feira pelo Itamaraty não foi contra o Irã, mas contra a atuação daquele país no contexto atual.

Diplomata brasileira irá a encontro com autoridades do Irã nesta quarta-feira
Foto: ATTA KENARE/AFP

Assim, no último domingo, durante a reunião na chancelaria do país persa, os iranianos disseram à diplomata brasileira que estavam “desapontados” com a postura do Brasil.

Loading...

Leia também: Avião ucraniano com 176 passageiros cai no Irã; não há sobreviventes

Por fim, o governo reclamou que o Itamaraty se solidarizou com os EUA de forma parcial, ignorando a importância do general da Guarda Revolucionária do Irã, que fora assassinado por forças americanas no Iraque para a nação iraniana.

Maria cristina e justificativas:

Além de informar que a nota do Itamaraty não condenava o estado iraniano, a diplomata também disse que as relações entre os dois países eram amplas, e que não poderia ser reduziada apenas ao tema abordado no comunicado.

Então, também disse que os argumentos usados pelo governo Bolsonaro, de que o terrorismo não é apenas um problema exclusivo do Oriente Médio. E que essa séria uma das razões que levaram ao Brasil emitir a nota.

Loading...
Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui