Durante live no Facebook na última terça-feira (18), o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que é ‘insuportável viver em certas partes da França’ ao falar sobre as políticas de imigração. Em resposta, o Diplomata francês ironizou à crítica utilizando os índices de homicídios no país.

Diplomata francês responde com ironia à crítica de Bolsonaro com sobre imigração

confira também Marcelo Adnet e Dani Calabresa apresentam especial de humor na TV Globo

Crítica de Bolsonaro sobre a França


RELACIONADAS



Na última terça-feira (18), o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a ser alvo de comentários ao fazer crítica sobre a situação na França em uma live no Facebook. Na ocasião, Bolsonaro revelou o seu posicionamento sobre o pacto global de imigração e disse que está ‘simplesmente insuportável viver em alguns locais da França’.

Com base na atual situação da França, o presidente eleito afirmou que no seu governo, o Brasil será retirado do acordo. Durante a live, Bolsonaro afirmou que mesmo não sendo contra os imigrantes, o Brasil necessita de um critério mais rigoroso quanto a política de imigração.

Diplomata francês responde com ironia à crítica de Bolsonaro com sobre imigração

Embaixador critica com ironia Jair Bolsonaro

Após da declaração realizada pelo presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, de que o fluxo imigratório da França tem tornado algumas regiões quase insuportáveis de viver, o embaixador da França nos Estados Unidos, Gérard Araud, respondeu a crítica com bastante ironia.

O diplomata publicou na sua página do Twitter  nesta quarta-feira (19/12) a seguinte mensagem “63.880 homicídios no Brasil em 2017, 825 na França. Sem comentários”. Em anexo ao post, também consta uma reportagem publicada por uma agência francesa sobre a declaração de Bolsonaro.

O embaixador Gérard Araud, possui uma renomada carreira diplomática. Desde 2014, atua como embaixador francês nos Estados Unidos, tendo ocupado antes o posto de embaixador em Israel e representante oficial da França na ONU.

Leia também

Segundo Bolsonaro atual Governo irá adotar medidas rigorosas para entrada de estrangeiros no país

 Nunca iria prestigiar um fascista’ dispara Maduro sobre participação na posse de Bolsonaro

 Pacto Global da ONU

O Pacto Global mencionado pelo presidente eleito consiste em um acordo promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Ele tem como objetivo principal regularizar uma Migração Segura, Ordenada e Regular em todos os países.

Ele foi aprovado por mais de 190 Estados-membros, tendo como únicas exceções países como Estados Unidos e Chile, que afirmaram que não iriam assinar esse acordo. A expectativa é que, após a declaração de Bolsonaro, o Brasil também entre para essa lista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui