A Amazon, a gigante americana em vendas de produtos online, anunciou em seu blog oficial, nesta segunda-feira (16) que abrirá 100.000 vagas, para funcionários que irão atender o aumento da demanda de serviço prestado aos clientes.

Em meio a pandemia de coronavírus, a Gigante do E-Commerce se prestou a adotar medidas que possam ajudar os clientes, funcionários e comunidades afetadas pelo avanço do vírus.


RELACIONADAS



A Folha Hoje notícias

Novidades no E-Commerce: Amazon irá contratar 100 mil novos funcionários
Novidades no E-Commerce: Amazon irá contratar 100 mil novos funcionários

Onde a Amazon fará as mudanças?

Loading...

Primeiramente, as mudanças ocorrerão em países dentro da União Europeia, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e parceiros do atendimento convencional em lojas, centros de atendimento e redes de distribuição.


“Acreditamos que nosso papel de servir os clientes e a comunidade durante esse período é importante”. (Twitter Amazon)

Contudo, a Amazon também se prestou a dar um aumento significativo no salário dos funcionários, para que isso possa ajudar nas despesas em tempos de crise causados pela pandemia de coronavírus.

Sobre os funcionários diagnosticados com coronavírus (COVID-19)

Loading...

No caso dos funcionários diagnosticados com COVID-19, em quarentena, a Amazon dará um salário adicional de duas semanas, para que isso possa auxiliar no pagamento das despesas e na recuperação para o retorno do funcionário, sem preocupação com a perda de renda durante a quarentena.

Além disso, a empresa também está prestando assistência para as denúncias de preços abusivos relacionadas aos equipamentos de proteção individual, que cresceram de forma desleal nos últimos dias. Mais de 1 milhão de produtos já foram removidos da plataforma.

Funcionários diagnosticado com coronavírus irão receber auxílio
Funcionários diagnosticado com coronavírus irão receber auxílio

Assim, a Amazon também afirma em seu blog oficial o seguinte, “Também estamos trabalhando para garantir que ninguém aumente artificialmente os preços de produtos de necessidade básica durante esta pandemia“.

Também foram feitas doações de U$ 1 milhão a comunidades de DC Washington, que são comunidades que trabalham em prol da ajuda comunitária em áreas muito afetadas pelo coronavírus nos Estados Unidos.

Funcionários do Facebook e da Amazon são diagnosticados com coronavírus (YouTube: Record News)
Loading...

Além disso, em pronunciamento, “A área de Washington, DC, é nossa nova casa, e devemos nos unir para apoiar nossos vizinhos durante esse período difícil para nossa região e ao redor do mundo“, relatou Jay Carney, vice-presidente sênior de assuntos corporativos globais da Amazon.

Gostou do conteúdo? Confira essas e outras notícias no site A Folha Hoje através do link para encontrar mais assuntos interessantes sobre diversos temas. 

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui