Quem está desempregado e ou inscrito em programas de baixa renda do governo e que quer começar seu próprio negocio ou ampliar sua atividade profissional autônoma, poderão solicitar empréstimos no valor de até R$ 15 mil. Trata-se da linha de microcrédito do Plano Progredir do governo federal, o dinheiro é destinado a quem está inscrito no Cadastro Único.

O dinheiro é destinado as pessoas que tem dificuldade de acesso ao crédito para seus negócios, por não terem contas em banco ou não possuírem renda suficiente para empréstimos pessoais em financeiras, e precisam investir ou abrir seu próprio negocio, por exemplo.


RELACIONADAS



Confira essa e outras notícias em A Folha Hoje.

Loading...

Para pedir o dinheiro não é obrigatório ser MEI – Microempreendedor Individual

O microcrédito para MEI é exclusivo para investimentos em melhoria ou ampliação dos seus negócios. Foto/Reprodução
O microcrédito para MEI é exclusivo para investimentos em melhoria ou ampliação dos seus negócios. Foto/Reprodução

Ou seja, não precisa ter empresa aberta para participar da ofertas de microcrédito do Progredir. Porém o dinheiro não poderá, de forma alguma, ser utilizado para compara bens pessoais, pagar dívidas, ou usar para fazer reformas, por exemplo. O Banco vai fazer um questionário para saber onde pretende empregar o dinheiro o e até mesmo averiguar se o dinheiro foi bem gasto.

Um dos trechos da nota enviada pelo MDS diz: “O Microcrédito Produtivo Orientado é um empréstimo oferecido ao microempreendedor, formal ou informal, de baixa renda, exclusivamente para melhorar, ampliar ou iniciar um negócio. Somente quem já possui ou quer começar um pequeno negócio deve solicitar o microcrédito”

Loading...

O presidente Michel Temer liberou última semana de junho, R$ 4 bilhões para ser usado no programa, recursos que serão operados pelos principais bancos e poderão ser utilizados nos próximos 12 meses em todo o País.

As instituições bancarias deverão ainda decidir as taxas de juros praticadas que vão de 1.1% a 1.59%, de acordo com os valores a serem emprestados e formas de pagamento, pesara ainda as avaliações e as políticas de negociação.

O economista Marcelo Loyola Fraga comentou que:  “É muito importante, para qualquer país, ter um sistema de crédito forte e com taxa de juros baixa. Isso aquece a produção, pois injeta dinheiro no mercado. Porém, é necessário um controle rigoroso do sistema, para que não leve a inadimplência e a um rombo no caixa do governo”, completou.

O economista acredita ainda que é fundamental medidas que complementem programas sociais como os para as pessoas de baixa renda, a exemplo do Bolsa Família, criando-se uma oportunidade para as pessoas ‘andarem com as suas próprias pernas’, obtendo seu próprio sustento.

Loading...

“Ou seja, é importante buscar alternativas para que as pessoas sejam inseridas no mercado de trabalho, criando renda, empregos e, consequentemente, dignidade”.

Opções de crédito para para abrir seu próprio negócio

Plano Progredir
Como acessar: no site www.mds.gov.br/progredir, se cadastrar e clicar em “Microcrédito”. Se a pessoa quiser iniciar um negócio, deve clicar na opção “Quero ser Microempreendedor”. Se já possui um negócio, deve clicar na opção “Já sou Microempreendedor”. Para que as informações do questionário estejam disponíveis para os bancos parceiros do Progredir, é necessário que a pessoa autorize o envio de seus dados.

Programa Nossocrédito
Podem ter acesso pessoa física ou jurídica que tenham tido renda bruta menor que R$ 240 mil no último ano, necessário a apresentação de avalista e ter nome limpo no SPC/Serasa. Exige mais de seis meses de experiência na área onde pretende empregar o dinheiro, além de estar morando na mesma cidade (ou município) há mais de dois anos. Se não morar no município a mais desse tempo, deve ter pelo menos o seu negócio instalado há mais de dois anos neste local.

Valores dos empréstimos para pessoas física ou jurídica:

  • Vai de R$ 200 até R$ 7.500 para primeiro crédito.
  • Até R$ 15 mil a partir do segundo para capital de giro e até R$ 20 mil para investimento fixo.
  • Cooperativa e associações: de R$ 200 a R$ 25 mil, limitado a R$ 5 mil por associado, se total de sócios for menor que cinco.

Juros e prazos de pagamento dos empréstimos:

  • Capital de Giro para valor entre R$ 200 e R$ 15 mil: 1,1% ao mês para prazo de pagamento de até 12 meses; e 1,5% ao mês para prazo de 13 a 24 meses.
  • Investimento Fixo para valor entre R$ 200 e R$ 20 mil: 1,1% ao mês para prazo de até 12 meses; e 1,5% ao mês para prazo de 13 até 30 meses.

Programa Seguir Crescendo
Os valores vão até R$ 50 mil,  com juros: de 1,49% a 1,59% ao mês. O pagamento poderá ser em até 48 meses.

Bandes Investimento Fixo e Capital de Giro
Os juros são a partir de 0,99% ao mês com pagamento em até 60 meses.
Para ter acesso ao crédito o interessado deve ligar para o número 0800 283 4202 ou procurar uma consultoria credenciada.

Para o programa Nossocrédito, deve procurar a agência do programa, os endereços constam no site www.bandes.com.br.

Fonte: Bandes

Loading...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui