Muitas pessoas acreditam que não dá para conseguir um empréstimo ou um cartão de crédito sendo trabalhador autônomo, achando que o requisito mais importante é ser aposentado ou pensionista, ou ter um vínculo empregatício, trabalhando há anos na mesma empresa.

Só que esse é um equívoco cometido por muitos, porque na verdade existe um tipo de empréstimo para profissionais autônomos, além de poder ter também um cartão de crédito, mas claro, também existem requisitos que devem ser atendidos.

Empresas de crédito tem se interessado cada vez mais pela classe dos trabalhadores autônomos

Confira aqui os tipos de empréstimos para trabalhadores autônomos.
Confira aqui os tipos de empréstimos para trabalhadores autônomos.

RELACIONADAS



Mesmo sem ser empresário ou ter carteira assinada e muito menos uma renda mensal fixa, os autônomos podem recorrer ao empréstimo disponível exclusivamente para eles.

Loading...

E com o crescente número de pessoas trabalhando por conta própria no Brasil, as empresas de crédito se interessam também por esta fatia de clientes. Tentar um empréstimo tem se tornado cada vez mais comum para essa classe de trabalhadores autônomos.

Quem pode ser considerado um trabalhador autônomo

Muitos brasileiros e brasileiras, para driblar o desemprego, tem optado por trabalhar como autônomo, são motoristas, eletricistas, encanadores, manicures, faxineiras, entre tantos que prestam serviços sem vínculo trabalhista, trazendo solução para nossos problemas e necessidades no dia-a-dia. Na sua essência pode ser visto como um pequeno empreendedor, que atua por sua conta o risco.

Loading...

É considerado trabalhador autônomo, todo profissional que trabalha por conta própria e não com arteira registrada, e, as instituições financeiras estão de olho neste segmento, contando com planos de crédito específicos para quem não tem vínculo empregatício, mas tem seu trabalho ou negócio próprio.

Empréstimo para autônomos: quem pode pedir e como conseguir

A solicitação do empréstimo pode ser feita tanto por autônomos formais, como também informais, pois o que é verificado realmente é se eles possuem conta bancária, será importante o extrato. E será verificado ainda se ele não está com o nome negativado. Sendo este um dos pontos mais importantes para obter crédito.

Será feito um levantamento de todo o histórico de compras e até mesmo se já foram feitos empréstimos pelo solicitante, observando se tudo foi pago em dia, ou se a pessoas sempre paga com atrasos. Ou seja, se o nome dele estiver cadastrado no banco de dados com seu CPF no SPC ou Serasa, dificilmente terá o dinheiro solicitado liberado.

Como conseguir um empréstimo para autônomo

O primeiro passo é definir qual será o melhor empréstimo, sendo que as instituições financeiras poderão oferecer um crédito pessoal ou também o empréstimo com garantia, neste o solicitante deverá oferecer um veículo ou até mesmo um imóvel para garantir o valor emprestado.

Loading...

O crédito pessoal, apesar de parecer mais simples, os juros geralmente são mais altos. Já o empréstimo com garantia tem juros menores, mas precisa ter uma responsabilidade enorme, além da plena certeza de que a dívida será paga dentro do prazo combinado. Se não pagar pode perder o bem dado como garantia.

Como comprovar renda sendo um profissional autônomo

Há várias formas de um profissional autônomo mostrar para uma instituição financeira que ele tem uma renda suficiente par obter crédito. Uma das mais comuns por exemplo, é apresentando o extrato bancário dos últimos meses. Isso provará que o trabalhador está sempre movimentando sua conta. As empresas podem solicitar o extrato dos últimos 3 ou 6 meses.

A declaração do Imposto de Renda: também pode ser utilizada para comprovar que o solicitante tem condições financeiras para quitar a dívida que está fazendo.

Tem ainda o ‘Decore’: que é a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimento, ela é emitida pelo contador do profissional e mostra que o profissional autônomo tem uma renda média mensal.

Antes de solicitar um empréstimo: analise as propostas de várias empresas e veja quais oferecem os menores juros, lendo atentamente o contrato e requerendo um valor que terá condições de quitar. É preciso levar em consideração os imprevistos que sempre acontecem e até mesmo uma possível redução na renda mensal, algo comum entre os autônomos nos dias atuais.

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui