Hoje no Brasil, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) é hoje a principal porta de entrada do ensino superior no país, para estudantes que não tem acesso a instituições de educação públicas ou privadas.

O Enem deve passar por mudanças. Afirmou o ministro da educação, Rossieli Soares da Silva, no Congresso Internacional de Jornalismo de Educação. nesta segunda-feira, em São Paulo.


RELACIONADAS



A mudança acontece porque o exame vai precisar seguir a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio.

Confira essa e outras notícias em A Folha Hoje!

Novo formato do Enem

Exame Nacional: Mande bem no Enem 2020 - Confira as dicas AQUI
Exame Nacional: Mande bem no Enem 2020 – Confira as dicas AQUI

Segundo o ministro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estuda atualmente como será a nova avaliação. A mudança será feita a partir da BNCC, que define o conteúdo mínimo que deverá ser ensinado em todas as escolas do país. Uma possibilidade é que haja modelos diferentes de provas para avaliar os itinerários formativos estabelecidos no novo ensino médio.

Pelo novo ensino médio, sancionado no ano passado, parte do currículo da etapa de ensino, o equivalente a 1,8 mil horas deverá ser destinado ao conteúdo da BNCC. O restante do tempo, que varia de acordo com a rede de ensino, será destinado à formação específica. Os estudantes poderão escolher entre o aprofundamento em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.

O ministro também disse ser necessária uma adequação da formação do ensino médio, que não pode ser voltada apenas para que os estudantes se saiam bem no Enem. “O Enem precisa mudar. Não podemos fazer educação com Enem sendo o norte da educação. Pela primeira vez, o Brasil terá a oportunidade de discutir o Enem, que é porta de entrada [no ensino superior] e não porta de saída”, defendeu.

O que é e como funciona o Enem 2018?

O Enem 2018 é hoje a principal porta de entrada do ensino superior no país, para estudantes que não tem acesso a instituições de educação públicas ou privadas. O exame é utilizado como critério de seleção para quem pretende ingressar em faculdades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSu), faculdades particulares concorrendo a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni), conseguir o Financiamento Estudantil (Fies) e, além disso, diversas faculdades já usam o resultado do exame como critério de seleção para o ingresso no ensino superior, seja complementando ou substituindo o vestibular.

Mesmo se não for contemplado em nenhum dos programas educacionais oferecidos pelo governo, o acesso ao ensino superior ainda será possível graças a programas de concessão de bolsas como o Educa Mais Brasil, que oferta bolsas de estudo de até 70% de desconto nas mensalidades.

Quem pode participar do Enem 2018?

Apesar de ser uma prova importante e já conhecida por muitos, algumas pessoas ainda têm dúvida a respeito se pode ou não fazer o Enem. Qualquer pessoa que concluiu o ensino médio pode participar do exame, bem como os estudantes que estão prestes a concluí-lo.

Posso obter diploma de ensino médio com o Enem?

Isso séria possível até o ano de 2016, pois, o Enem também era utilizado para a retirada do diploma de ensino médio, porém, a partir da edição de 2017, os jovens interessados em obter a certificação terá que realizar a prova do Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja.

A edição 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recebeu 6.774.891 inscrições e tem 5.513.662 (81,3%) participantes confirmados para as provas de 4 e 11 de novembro.

Formação de professores

Por fim, o Ministro Rossieli, afirmou que também será elaborada uma base nacional para a formação de professores. Essa base poderá também ser apresentada para ser discutida pela sociedade este ano caso a BNCC seja aprovada. “Como nação, precisamos mostrar qual o perfil de formação para os professores. Tendo esse perfil, tendo a BNCC, precisamos apoiar professores com formação continuada”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui