De acordo com informações da Prefeitura de São Paulo, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Ulysses Guimarães, criou um canal de vídeos no YouTube intitulado “Criativos em Ação”. Nele estão disponibilizados conteúdos que baseiam-se no material pedagógico formulado pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação.

A iniciativa partiu da equipe escolar, com intuito de facilitar a interação dos estudantes com os conteúdos e professores da unidade, auxiliando-os nas atividades a distância. Além disso, o espaço on-line é utilizado para formação dos profissionais da própria escola neste período de pandemia do coronavírus.


RELACIONADAS



Assim, o canal “Criativos em Ação”, originado em abril, dispõe de videoaulas baseadas no material Trilhas de Aprendizagens. Além disso, tem se apresentado como um recurso positivo para assegurar a qualidade do ensino oferecido aos estudantes.

Foram produzidos 58 vídeos, até o presente momento, com componentes curriculares distintos, os quais alcançaram 7.580 visualizações em um vídeo que tratar sobre sinais de pontuação, produzido pela professora Gislaine Morais, do 3º ano.

Assim como, os materiais divulgados no canal têm sua produção baseada nas necessidades apresentadas pelos alunos. No entanto, não segue um padrão de periodicidade de publicações.

Mais sobre o canal criado pela Escola Municipal

Escola Municipal cria canal  de vídeos para auxiliar estudantes
Escola Municipal cria canal de vídeos para auxiliar estudantes – Foto: Umuarama Ilustrado

A Professora Marluce Paulino, do 2º ano, afirmou compreender a necessidade do trabalho colaborativo diante das dificuldades do momento, que os professores da escola compartilham com educadores de outras unidades os vídeos produzidos no canal, colaborando na superação das dificuldades individuais.

“Tem sido um grande desafio adaptar a prática pedagógica com o novo cenário de ensino remoto. Mas posso enfatizar que, apesar das limitações no manejo das ferramentas tecnológicas, tenho aprendido muito e quero aprender mais…”, disse Marluce.

“…O simples fato de me propor a pesquisar, estudar, questionar, duvidar, descobrir me impulsiona a buscar alternativas de interagir melhor com as crianças e suas famílias. As videoaulas são exemplos disso, pois nunca me imaginei fazendo algo do tipo”, completou.

Escola Municipal cria canal de vídeos para auxiliar estudantes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui