Fala de Dirigente alerta a importância de cuidar da saúde mental: “Flamengo já pagou para jogador”

Lidar com a pressão de ser jogador não é tarefa simples visto que sua vida está sempre exposta para todos, cuidar da saúde mental dos atletas é fundamental

Por: Brendow Felipe - Jornalista
03/05/2021 às 09:00 - atualizado em 03/05/2021 às 09:00

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

O Flamengo formou um time com estrelas e base com status de joia, e assim não é novidade que o holofote fique no time. Com tanto assédio dentro e fora de campo, não é novidade pensar que é preciso ter uma assistência maior para lidar com toda a pressão. “Muitas das vezes precisamos de psicólogo em momentos de euforia, de felicidade, até para fazermos os ajustes que precisamos fazer na vida

Assim, o Marcoz Bras, vice-presidente de futebol, falou então abertamente sobre a importância de psicólogos dentro do clube . Isso porque o Flamengo não conta com profissionais da saúde mental no grupo.

Vice dirigente do flamento, Marcos Braz "Muitas das vezes precisamos de psicólogo"
Vice dirigente do flamento, Marcos Braz

A única coisa que eu ficava chateado, um pouquinho, é que geralmente os jornalistas abordavam o tema da psicologia não era dois dias depois de o Flamengo ter sido campeão, não era durante o mês em que o Flamengo estava só ganhando. Era sempre quando estava para baixo ou em uma janela de derrotas e vinham com essa pergunta. Eu não tenho nenhum problema em ter um psicólogo no Flamengo, pois isso existe em todo lugar do mundo. Até porque, se o psicólogo estiver lá, ele estará na área do Dr. Tannure, estará na área do Departamento Médico. Nós não tivemos nenhum relato de uma necessidade emergencial disso aí” -, disse o dirigentes, antes de prosseguir:

Então, se não temos necessidade emergencial, não precisamos ter isso no dia a dia, mas não quer dizer que não achemos que seja pertinente. O Flamengo já pagou, durante este processo, durante dois anos e meio que estou aqui, psicanalista para jogador, o Flamengo pagou. Se pagou, é por que o Flamengo entende que tem e respeita qualquer profissional desta área. O Flamengo respeita muito isso, mas eu ficava chateado somente quando estávamos nas janela das derrotas, e o jornalista só sentia necessidade da pergunta quando estávamos perdendo? Muitas das vezes precisamos de psicólogo em momentos de euforia, de felicidade, até para fazermos os ajustes que precisamos fazer na vida. Se precisarmos do profissional amanhã ou depois de amanhã, se entendermos que precisamos de uma pessoa efetiva lá, será feito na hora“, completou.

Marcos Braz, no entanto, não revelou o atleta que precisou do profissional. Deixando o tema à parte, o plantel se prepara para enfrentar o Volta Redonda, às 21h05, deste sábado, dia 01, pela primeira partida da semifinal do Campeonato Carioca. O duelo será disputado no Estádio Raulino de Oliveira.

-Se inscreva em nossa página no GOOGLE NEWS e fique por dentro das novidades.–

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Brendow Felipe

Brendow Felipe
Brendow Felipe, formado em jornalismo. Com experiencia em colunas de esportes em jornais digitais. Saiba mais sobre Brendow em seu perfil!