Começou nesta segunda-feira, 24, as inscrições para as vagas remanescentes do Fundo Nacional Estudantil (Fies), para o segundo semestre de 2018. Vale ressaltar que para participar da seleção, é necessário ter realizado alguma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além de ter atingido ao menos 450 pontos sem zerar, e sem zerar a redação.

Vale ainda destacar que a prioridade são para estudantes que participaram do processo normal e não conseguiram “fechar a turma”, com essa nova chance, os alunos tem até está quinta-feira, 27. Já para quem deseja ingressar em um curso superior, o prazo segue até o dia 09 de novembro. Esses e outros detalhes, podem ser visto no cronograma disponível no site do FIES.

Fies inscreve para vagas remanescentes do segundo semestre de 2018


RELACIONADAS



As inscrições do FIES para o segundo semestre de 2018 já estão disponíveis e podem participar da seleção, qualquer pessoa que tenha feito o ENEM a partir do ano 2010 e tem como regra, ter atingido pelo menos 450 pontos, sem zerar a redação.

Loading...

Vale ressaltar que, a seleção leva em consideração diversos critérios, além da nota do ENEM, como curso escolhido, local e quantidade de vagas disponíveis. Então não perca tempo, acesse o site do programa para efetuar a inscrição.

Quais as modalidades do Fies?

Para tirar de vez as duas dúvidas e ter a certeza se você se enquadra e onde, dentro do programa, confira nas infromações abaixo.

Loading...

Modalidade I (FIES): “destinada aos estudantes com renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Isso significa que cada integrante da família pode ter uma renda de até R$2.862,00. Nessa modalidade, não há cobrança de juros e o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda.”

Modalidade II (PFIES): “destinada às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos. Cada integrante da família pode ter uma renda de até R$ 4770,00. Esta modalidade conta com recursos disponibilizados em parceria com instituições financeiras privadas e as condições do financiamento são definidas em conjunto com a instituição de ensino. Os juros variam, podendo, inclusive, chegar a zero.”

Modalidade III (PFIES): “destinada a todas as regiões do Brasil com recursos do BNDES, que define quais serão os juros. Assim como a modalidade II, será destinada para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos (R$ 4.770,00)”

Loading...

Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui