Bolsonaro pretende assinar extensão do auxílio emergencial até sexta (25)

A nova rodada do benefício, já confirmada pelo ministro Paulo Guedes, será paga de agosto a outubro e seguirá com um valor médio de R$ 250.

Por: Caroline Brito - Jornalista
23/06/2021 às 10:51 - atualizado em 23/06/2021 às 10:51

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve assinar até sexta-feira (25) a medida provisória que estende o auxílio emergencial por um período de três meses.

A nova rodada do benefício, já confirmada pelo ministro Paulo Guedes, será paga de agosto a outubro e seguirá com um valor médio de R$ 250.

Já no mês de novembro o governo federal pretende lançar a reformulação do Bolsa Família, com um valor superior e com a inclusão de mais famílias carentes. Hoje, o valor médio do programa social é de R$ 190.

Na reunião de hoje (23), o presidente também deve discutir com Guedes projeto de lei que elevará a faixa de isenção do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física), projeto no âmbito da reforma tributária.

Imagem: Divulgação.

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News
Caroline Brito

Caroline Brito
Caroline Brito é jornalista, formada pela Universidade Federal do Ceará, em 2012, e mestra em Planejamento e Políticas Públicas pela UECE. Saiba mais sobre Caroline em seu perfil!