-Publicidade-

Pix já representa 30% do total de transações bancárias

0

-Publicidade-

O Pix, forma de pagamento instantânea criada pelo Banco Central (BC), foi lançada em 16 novembro de 2020 e vem conquistando popularidade rapidamente no Brasil.

Segundo um estudo da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em parceria com a consultoria americana Deloitte, o Pix já representava 30% do total de transações bancárias feitas por pessoas físicas e jurídicas em março deste ano.

Em novembro de 2020, o meio de pagamento representava 7% do total. O recorte da pesquisa considera o período entre novembro de 2020 e março de 2021.

Além disso, o Pix ultrapassou em março o total de transações bancárias feitas com TED e DOC que ficaram no patamar de 19%, queda de 14% na comparação com o observado em novembro. 

-Publicidade-

Outro dado divulgado pela Febraban é em relação ao perfil de usuário: duas a cada três transações via Pix são feitas por pessoas entre 20 e 39 anos, considerando os dados do sistema financeiro.

PIX. Imagem: Divulgação.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao acessa-lo você concorda com nossas políticas de privacidade. Continuar Ler Política

Cookies & Políticas