-Publicidade-

Foi sancionada a lei que multa quem não usar máscaras em Sergipe

-Publicidade-

Nesta sexta-feira (7), o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, anunciou que foi sancionada a lei que permite punir quem for pego em descumprimento das medidas de proteção contra o avanço da COVID-19.

A medida já está em vigor, e é assegurada na Lei N° 8.726 que foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Sobre o descumprimento das medidas sanitárias dentro de estabelecimentos comerciais, seja ele pessoa física ou jurídica, o dono poderá ter que arcar com uma multa que varia de 50 a 500 vezes o valor da Unidade Fiscal Padrão do Estado de Sergipe (UFP/SE), que atualmente está em R$ 43,57.

A multa pode chegar até R$ 21 mil para empresários que desrespeitarem as medidas

-Publicidade-

O Governo do Estado de Sergipe põe em ação nova lei que multa quem for pego desrespeitando as medidas sanitárias de enfrentamento a COVID-19 - foto: reprodução
O Governo do Estado de Sergipe põe em ação nova lei que multa quem for pego desrespeitando as medidas sanitárias de enfrentamento a COVID-19 – foto: reprodução

Neste sentido, o empresário que for pego descumprindo as medidas sanitárias pode ter que pagar uma multa no valor de R$ 2.178,50 a R$ 21.785,00; e sofrer interdição parcial ou total do seu comércio.

Já a multa para o cidadão que for pego andando sem máscara poderá ser de até 2 vezes o valor da UFP/SE, cerca de R$ 87,14. Visto que, em caso de reincidência, a ação poderá desenvolver um processo administrativo, o que torna a penalidade bem mais rigorosa.

-Publicidade-

É o que explica o procurador-geral Vinicius Oliveira: “Aqueles que advertidos e, ainda assim, permanecerem nas condutas irregulares, será lavrado auto de infração e, a partir daí, para todos aqueles que foram autuados segue o rito, já previsto em lei, de processo administrativo.”

E completa: “Então a parte terá dez dias para apresentar sua defesa administrativa, sendo julgado cabe recurso ainda para autoridade superior sanitário, que é a secretária de Estado da Saúde. Não sendo recorrido ou não manifestando qualquer interesse, ao final do procedimento, será emitido um boleto com o valor da multa cujos recursos serão vertidos para o Fundo Estadual de Saúde e emprego em ações de saúde”.

Belivaldo Chagas

Sobre a nova sanção, Belivaldo Chagas comentou: “Há uma ampla divulgação da necessidade do uso da máscara e do cumprimento das medidas sanitárias para diminuir as chances de contaminação. Muitas pesquisas já comprovam o efeito do uso da máscara como medida preventiva. Desde o início da pandemia, estamos investindo em campanhas para conscientização da população sobre o quanto é importante colaborar com essas medidas para que o contagio seja menor.”

-Publicidade-

E falou também sobre a necessidade de colaboração da população: “Sempre pedimos e repetimos isso, mas muitas pessoas ignoram. Essa aprovação vem para reforçar essa ação pedagógica. Assim, quem não cumprir essas normas, será punido e me refiro, principalmente, aos estabelecimentos que não cumprirem os protocolos sanitários. É mais uma forma de tentarmos garantir a segurança de todos. Também não é justo que muitos estejam fazendo sua parte enquanto outros não dão a devida importância ao senso de coletivo”, disse Belivaldo.

Em um último balanço, divulgado ontem, quinta-feira (6), a Secretaria de Estado da Saúde aponta que Sergipe já registrou 62.844 casos de coronavírus. Bem como, um total de 1.537 mortes relacionadas ao coronavírus.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar sua navegação. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade e nossos termos de uso Aceitar Ler Política