Análise da 13ª rodada do Brasileirão

A 13ª rodada do brasileirão ocorreu nesse fim de semana. Bora conferir o que rolou?

Anúncio

Contexto da rodada do brasileirão

A rodada do brasileirão foi bem movimentada, alterando a tabela de classificação. O pelotão central teve novos membros, time saiu do G4 e time se afundou ainda mais. Hoje iremos analisar o que aconteceu e traçar um panorama das consequências para o restante do campeonato.

Cuiabá 0 x 0 Ceará 

Com 7500 pagantes, o público de Cuiabá e Ceará pode dizer que, apesar do empate sem gols, viu um jogo bem movimentado. No entanto, movimentação sem direção não leva a lugar algum. Foram 9 chutes e apenas um ao gol, sendo bem fraco tecnicamente. O jogo foi lá e cá e ambos os times tiveram reais oportunidades de abrirem o placar, mas faltou pontaria e capricho. 

Cuiabá segue em 18º, com 13 pontos, enquanto o Ceará subiu duas posições com o ponto conquistado, estando em 13º, com 16 pontos. O próximo jogo do Cuiabá é contra o Goiás, que está em 17º, rival direto na luta contra o rebaixamento, enquanto o Vovô enfrenta o Atlético Goianiense. Uma curiosidade é que os times goianos irão se enfrentar na Copa do Brasil e as consequências desse embate irão influenciar esses dois.

Santos 2 x 2 Red Bull Bragantino 

Na Vila Belmiro, no último sábado, o Santos simplesmente cedeu o empate para o Red Bull Bragantino, perdendo a chance de estar no G-4, pelo menos no fim de sábado, no Campeonato Brasileiro. Léo Baptistão fez dois para o Peixe, mas o Bragantino jogou muito bem, principalmente no segundo tempo, conquistando o empate merecidamente. 

Mas vale ressaltar que o Santos teve chances de matar o jogo com 3 a 1, mas não aproveitou, de modo que o Braga empatou com um bonito gol de Luan Cândido, certamente quando ninguém esperava.

Santos está em 8º com 18 pontos e terá o clássico contra o Corinthians (duas vezes seguidas!). E o Bragantino, também com 18 pontos, está em 10º lugar e enfrentará o Athlético Paranaense.

+ LEIA TAMBÉM  Brasileirão 2022: O que será do Z4

Flamengo 0 x 2 Atlético Mineiro

O Mengão teve boas oportunidades no começo, mas desperdiçou. Viu então o time forte (e naquela tarde de domingo, focado) tocar a bola e criar o primeiro gol. O segundo tempo foi mais apático, mas numa bola ajeitada pelo “pivô” Hulk, Ademir abre o placar. 2 a 0.

Flamengo está com 15 pontos na 14ª posição, seguindo muito pressionado, principalmente para o confronto contra o próprio Galo na Copa do Brasil. Enquanto isso, o Atlético Mineiro vem com 21 pontos na 4ª posição.

Corinthians 1 x 0 Goiás

Bom, para mim, não foi pênalti. Mas o fato é que o Corinthians segurou e assegurou o resultado dentro de casa, três pontos imprescindíveis para buscar a vice-liderança. Recentemente aleguei que o gás do Corinthians tinha acabado. Me enganei, está acabando. E o Rogér Guedes segue com um péssimo futebol.

Coritiba 0 x 1 Athlético Paranaense 

No clássico paranaense, Coritiba perde em casa. Desde que perdeu para o Palmeiras e perdeu a invencibilidade, o Coxa vem em decadência. Certo? Bom, na verdade o Coritiba jogou muito bem, engolindo o adversário. Bento jogou muito e salvou o Furacão. E num pênalti (que de fato ocorreu), marcou o gol da vitória. É o ditado: quem não faz toma. Ou aquele outro: clássico se vence nos detalhes.

Internacional 2 x 3 Botafogo

Uma virada sensacional do Botafogo e um grande vexame do time do Mano Menezes. Mas vale ressaltar a confusão que o VAR cometeu no jogo. É super necessário definir regras claras para bola-na-mão-mão-na-bola. Se a bola toca na mão é pênalti? Independente se foi ou não a intenção? Ninguém sabe.

O fato é que com muita raça, Botafogo virou o jogo. E vale ressaltar o garoto Kayque, mostrando raça e habilidade que fizeram muita diferença na vitória de ontem. Bota agora está na 7ª posição com 18 pontos e enfrenta o Fluminense, num grande clássico. Já o Inter caiu pra 5ª colocação, com 18 pontos, e enfrenta o Coritiba em casa.

+ LEIA TAMBÉM  Atlético MG x Flamengo: O Confronto de Milhões

Fortaleza 1 x 0 América

O goleiro do Fortaleza foi, para mim, o melhor do jogo. O América pressionou bastante no primeiro tempo, mas Pikachu, num gol de cabeça, fez o gol da vitória. Lucas Lima jogou bem e vem chamando a responsabilidade no Leão, juntamente ao Pikachu. No segundo tempo, o Leão jogou bem mais que o América, que parece que teve o gás finalizado antes do fim.

Fortaleza subiu uma posição, está em 19ª colocação com 10 pontos e enfrentará o Atlético Mineiro. Será um jogo extremamente complicado e um empate seria um feito enorme para o Leão. Já o América não poderia ter perdido para o último colocado, caindo assim para a 16ª colocação com 15 pontos e enfrentará o Flamengo: outro adversário que será duro, e que se encontra praticamente na mesma situação no Brasileirão.

Atlético Goianiense 3 x 1 Juventude 

Fora de casa, o Juventude foi pra cima, em busca de uma necessária vitória. E de fato conseguiu abrir o placar, mas foi surpreendido com um pênalti aos 33min do primeiro tempo, que César defendeu. Era a situação perfeita para o Juventude. Mas no segundo tempo, William é expulso justamente e assim o Atlético, em casa, vai pra cima. 

Aos 13, empatou. Aos 17, virou. Aos 28min, um gol perdido incrível. Aos 29, travessão. Aos 34 e 37, dois chutes perigosos para fora. Ah, é, o Juventude também estava em campo no segundo tempo e chutou sua primeira bola com perigo aos 39. E aos 40, o time goiano mata o jogo depois de engolir completamente o Juventude.

Juventude caiu pra última posição com 8 pontos e, se me permitem adivinhar, não sairá mais até o fim do campeonato. Enfrentará o São Paulo na próxima rodada. Já o Atlético Goianiense está me surpreendendo. Para mim, ainda é um grande candidato para cair, mas com 13 jogos já fez 16 pontos e está na 12ª posição.

+ LEIA TAMBÉM  Coritiba x São Paulo: O Jogo Decisivo da Rodada

Fluminense 2 x 0 Avaí

Teve L. Cano joga muito, com cheiro de gol, mesmo quando o gol é meio feio. Fluminense foi muito melhor no segundo tempo. Como eterno fã e viúvo do talento do Ganso, tenho que exaltar o passe de trivela que ele deu aos 35 do primeiro tempo, mas desperdiçado por Luís Henrique. O Avaí, no segundo tempo, fez um bonito gol, mas estava impedido.

No jogo todo, o Fluminense teve duas bolas na trave. E a clássica marcação pressão do Diniz (muito massacrada quando dá errada), deu certo. O segundo gol foi uma pressão na saída de bola. Fluminense venceu e convenceu e o Avaí foi bem abaixo do que esperava.

O Fluzão está em 6º com 18 pontos e jogará contra o Bota. O Avaí está em 11º com 17 pontos e enfrentará o líder Palmeiras.

São Paulo 1 x 2 Palmeiras

São Paulo foi heróico. Aguentou o 1 a 0 até os 45 do segundo tempo: vocês esperavam mais do que isso? O Verdão melhorou muito no segundo tempo, quando Goméz virou zagueiro e Mayke entrou e então Dudu inverteu o lado com o Veron (que jogou nada). Jandrei poderia ter sido herói, se Ceni não fosse vilão. 

Mas será que foi mesmo vilão? Não tinha como segurar a máquina verde, ou talvez tivesse, se Calleri não saísse e se Miranda, frio, não entrasse num jogo muito quente nos minutos finais. Com duas bolas cruzadas, os zagueiros do Palmeiras mataram o jogo nos minutos finais, num jogo épico e histórico que bota muita pimenta para quinta-feira.

O líder está com 28 pontos, 3 de diferença pro Corinthians. Já o São Paulo está com 18, em 9º.