06 de Dezembro de 2018, atualizado ás 17:12

Gestão Bolsonaro: Paulo Guedes irá comandar Previdência Social



Por: Redação A Folha Hoje | Notícias

Compartilhar:
         

Segundo gestor do INSS, Paulo Guedes irá comandar a Previdência Social no Governo Bolsonaro. Dessa forma, ele irá comandar todas as mudanças aplicadas nesse setor.

Gestão Bolsonaro: Paulo Guedes irá comandar Previdência Social

confira também STF autoriza investigação contra Onyx, cotado como futuro ministro de Bolsonaro

O INSS na gestão do Bolsonaro

De acordo com especialistas, um dos pontos mais críticos da gestão do Bolsonaro está relacionada às mudanças na Previdência Social. Sendo que a principal delas é a saída do órgão do Ministério do Desenvolvimento Social para ser parte do Ministério da Economia, que será administrado por Paulo Guedes.

Quem confirmou a mudança na gestão do INSS foi o próprio presidente do órgão. Dessa maneira, Guedes terá maior liberdade para comandar as reformas previstas para esse setor, em especial àquelas que compõem o projeto designado para a Reforma da Previdência.

Gestão Bolsonaro: Paulo Guedes irá comandar Previdência Social

Leia Também:

Bolsonaro anuncia que irá fatiar a Reforma da Previdência

STF autoriza investigação contra Onyx cotado como futuro ministro de Bolsonaro

 O motivo da mudança

Um dos principais motivos da mudança é conseguir mais controle dos benefícios que são oferecidos pela instituição, que já tinham sido percebidos pela gestão anterior. Os índices de casos de pagamento indevido de benefícios, sobretudo no que diz respeito ao BPC, são cada vez maiores.

Nesta quinta-feira, 06 de dezembro, a Polícia Federal anunciou a operação Crotalus. Nela, foi descoberta uma fraude de mais de 2 milhões no governo por meio do INSS. Agora, foram expedidos mais de seis mandados de busca e apreensão nos municípios do Paraná e Santa Catarina.

A crise do INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é um dos órgãos mais prejudicados pela crise. Segundo os dados oficiais, divulgados pela Previdência Social, existem mais de 1 milhão de processos abertos.

Mais de 60% desses processos estão com mais de 40 dias de atraso, superando o prazo legal estipulado para esse tipo de ação. Segundo especialistas, essa crise na previdência pode custar mais de R$100 milhões.

Esse é o panorama que Guedes deverá lidar ao assumir o comando do INSS no novo governo de Bolsonaro. Somado a isso, ainda estão as inúmeras mudanças previstas para o setor, que deverão ser encaminhadas para o Congresso Nacional de maneira gradual.

Para acompanhar mais notícias sobre o Governo de Jair Bolsonaro, acompanhe o nosso portal de notícias.


Redação A Folha Hoje

https://www.afolhahoje.com/

A Folha hoje é um portal Notícias, Entretenimento e Conteúdo de nichos específicos como, concurso público, dicas de cartão de crédito, resultados de loterias, e muito mais. Para falar conosco envie um e-mail para contato.afolhahoje@gmail.com

  

0 Comentários