19 de Julho de 2019, atualizado ás 11:07

Grupo terrorista tem como alvo Jair Bolsonaro, família e Ministros.



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

Nessa sexta-feira (19) a revista Veja noticiou uma entrevista exclusiva com um dos Líderes do grupo terrorista que se denominam como a Sociedade Secreta Silvestre (SSS). Segundo o porta voz do grupo, chamado de “Anhangá”, teriam como alvo o presidente da república, Jair Bolsonaro, a sua família e alguns ministros.

Foto enviada a revista Veja por membros terroristas dada SSS. (Imagem: Site Veja)

Uma das primeiras ameaças surgiram ano passado, em 1º de setembro, com mensagens ao então deputado Jair Bolsonaro, porém devido a turbulência política a mensagem não foi levada a sério como deveria. As mensagens eram de Adélio Bispo, que cinco dias após a publicação esfaqueou o Bolsonaro.

 A Polícia Federal está investigando o grupo terrorista há seis meses, contudo ainda não obtiveram êxito em descobri quem está por trás das ameaças e atentados. Segundo a revista Veja a entrevista foi realizada na deep web por um dos líderes da SSS, que seria o braço direito de uma organização internacional chamada Individualistas que Tendem ao Selvagem (ITS) aqui no Brasil. Essa organização terrorista se diz ecoextremistas e tendem a promover ataques políticos e a empresários em todo o mundo.

Além disso, leia essa e outras matérias AQUI.

O membro do grupo terrorista diz que o plano era atentar contra o presidente e familiares!

Na entrevista o Anhangá garante que o plano para executar o Bolsonaro é real e que está sendo planejado desde a vitória das eleições que o elegeram presidente da república. Ainda que segundo ele o ataque era para ter entrado em ação no dia da posse, porém devido ao forte esquema de segurança o atentado foi adiado. O alvo do ataque seria o presidente e sua família.

Dias antes a posse do presidente o grupo colocou uma bomba em frente a uma igreja, mas devido a uma falha no detonador ela não explodiu. A igreja fica a 50 km de distância do Palácio do Planalto.

Além disso, em abril ocorreu um outro atentado a dois carros do Ibama que foram queimados em Brasília. No local pichações com ameaças ao Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente.

Visto que um vídeo colocado na internet em que eles se declararam autores do atentado mostrando os matérias utilizados na ação.

Carros do Ibama queimados em atentado, em Brasília! O grupo terrorista filmou tudo!(Imagem: Site Veja)

A origem do Grupo

O Grupo ITS (Individualistas que Tendem ao Selvagem) teve sua fundação no ano de 2011 no México. Contudo, segundo eles suas ramificações estão também na Argentina, Chile, Espanha e Grécia.

Visto que a ideologia da organização é ser contra tudo aquilo que destrói o meio ambiente e defende que as medidas extremas são necessárias para tal proteção. Porém, isso não faz sentido e que tal discurso não tem coerência.

Ademais, leia também:

Durante manifestação do MST homem avança com carro e mata idoso

A 3º temporada de ‘La casa de Papel’ estreia amanhã na Netflix!

Mega Sena acumulou! Confira aqui o resultado da Mega (17 de julho)




Juliana Seixas

Sou Engenheira de Materiais, professora de Inglês e Francês e escrevo para o site A Folha Hoje.

  

0 Comentários