22 de Dezembro de 2019, atualizado ás 09:12

Guilherme Briggs dubla Geralt da série Netflix The Witcher

Por: | Entretenimento


Estreada na Netflix no dia 20 de dezembro de 2019, a série The Witcher tem o dublador Guilherme Briggs fazendo a voz de Geralt de Rívia.

SIGA => A FOLHA HOJE NO GOOGLE

Famoso por seus personagens da Disney, principalmente em Toy Story, Guilherme também é a voz do Superman, em Homem de Aço e Batman vs. Liga da Justiça. Seguindo o ator Henry Cavill até The Witcher.

Com a primeira temporada estreada na Netflix nesse final de semana, The Witcher é uma série de fantasia medieval, que conta a história do bruxo Geral de Rívia e um destino que o envolve e prende e que ele luta para entender.

Guilherme Briggs dubla Geralt da série Netflix The Witcher
(cinepop.com.br)

A segunda temporada da série já está confirmada e as filmagens começam agora em 2020.

The Witcher é uma séria live-action do livro The Witcher, que igualmente percorrem a vida de Geral em suas aventuras e enrascadas.

Com oito episódios, a primeira temporada já demonstra o grande trabalho e seguimento do enredo de acordo com os escritos originais do livro de origem da obra de Andrzej Sapkowski.

Primeiro, vale ressaltar que a adaptação da Netflix é baseada nos livros e contos de Sapkowski e não possuem nenhuma relação com os games da CD Projekt Red.

Por outro lado, além do próprio Henry Cavill já ter afirmado que The Witcher 3: Wild Hunt ajudou na sua transformação como Geralt, os familiarizados com os jogos sentirão uma certa familiaridade com a ambientação, trilha sonora e visual dos personagens na série.

Sobre a Trama de The Witcher:

Guilherme Briggs dubla Geralt da série Netflix The Witcher
(cinepop.com.br)

É importante saber que a série não segue exatamente a mesma ordem de acontecimentos do livro.

A showrunner considera que as mudanças foram feitas para favorecer aspectos como ritmo e narrativa.

“Estamos costurando as histórias em uma ordem cronológica diferente dos livros, mas utilizamos todas as tramas e até alguns diálogos, pois quero que os fãs possam dizer, ‘Ah, conheço esta fala’”, explica Lauren.

The Witcher se passa no Continente, um mundo medieval dividido entre os Reinos do Norte e Nilfgaard, que domina o Sul.

VEJA TAMBÉM:

+Globo de Ouro 2020, confira os concorrentes ao prêmio
+As nove obras que Quentin Tarantino já produziu no cinema

Ainda há Ilhas Skellige e regiões inexploradas. Os Reinos do Norte são formados por dezenas de estados e regiões como Temeria, Riverside, Lyria e Rívia e Novigrad.

Além de humanos, o norte do Continente também é habitado por anões, elfos, gnomos e muitos tipos de monstros. Alguns monstros do game foram incorporados na série.

Já Nilfgaard é frequentemente representado como um exército poderoso e ofensivo.

 Sob o comando do imperador Emhyr var Emreis, a força Nilfgaardiana foi crescendo por meio de conquistas de regiões estrangeiras.

Guilherme Briggs dubla Geralt da série Netflix The Witcher
(observatoriodocinema.bol.uol.com.br)

Um dos maiores conflitos políticos de The Witcher envolve as guerras entre os Reinos do Norte com o Império Nilfgaardiano, que busca constante expansão de seu território.

A guerra entre as regiões é uma das sub-tramas desta primeira temporada da série, já que Ciri é a princesa de Cintra, a capital dos Reinos do Norte.

Então, você já foi conferir?

Siga nas Redes Sociais:

Instagram: @afolhahoje;

Página do facebook: A Folha Hoje;

Grupo do facebook: A Folha Hoje – Entretenimento.




G M Rhaekyrion

Escritora de ficção e fantasia, colunista de site em entretenimento, moda, saúde, beleza e bem-estar. Bióloga por formação, pela Universidade Federal de Alagoas e, eventualmente, faço criticas narratológicas para escritores de ficção.

  

0 Comentários