Um homem de 96 anos, chamado Giuseppe Paterno, se formou na Universidade de Palermo na Itália. O idoso agora possui um diploma em história e filosofia e mostra que a idade não é motivo para nenhuma limitação. Ele se tornou a pessoa mais velha a se graduar no país.

As informações são do site Reuters, e conta que sua formatura foi realizada dia 29 de Julho. Giuseppe é um ex-ferroviário e durante os 3 anos da sua formação foi um aluno bastante dedicado. Ele recebeu elogios dos seus colegas de classe e funcionários da Universidade de Palermo.


RELACIONADAS



Vindo de origem humilde, ele só teve até a educação básica durante a infância. De acordo com o site Reuters, ele serviu a Marinha e atuou na Segunda Guerra Mundial. Contudo, nada disso parou a vontade que ele tinha de aprender.

Loading...

Aos 31 anos terminou o ensino médio e em 2017 ingressou na tão sonhada faculdade. O homem de 96 anos disse em entrevista disse que para os trabalhos da Universidade ele utilizava a máquina de escrever dada por sua mãe. Além disso, ele utilizava livros impressos ao invés de realizar pesquisas no Google.

Homem de 96 anos é a pessoa mais velha a obter um diploma

Um senhor de 96 anos se graduou em História e Filosofia na Itália e é a pessoa mais velha a conseguir tal feito (Imagem: ALESSANDRO FUCARINI/SHUTTERSTOCK)
Um senhor de 96 anos se graduou em História e Filosofia na Itália e é a pessoa mais velha a conseguir tal feito (Imagem: ALESSANDRO FUCARINI/SHUTTERSTOCK)

Mas antes de conferir mais detalhes sobre o assunto, recomendamos que acesse a guia de notícias e clique no botão azul Criar alerta. Assim você ficará informado sobre todas as notícias do Brasil e do Mundo. Giuseppe Paterno disse a Reuters que:

“Sou uma pessoa normal, como muitas outras. Em termos de idade, superei todas as outras, mas não fiz com essa intenção… Eu disse: ‘É isso, agora ou nunca’ e, em 2017, decidi me inscrever.”

O idoso disse ainda que acreditava ser um pouco tarde para que ele pudesse obter um diploma, mas isso não o deteve. Quando a pandemia atingiu a Itália, Giuseppe teve que se adaptar às aulas online. Com seu diploma em mãos ele não pretende parar de aprender.

“Meu projeto para o futuro é me dedicar à escrita; quero revisitar todos os textos que não tive a chance de explorar mais. Esse é meu objetivo … O conhecimento é como uma mala que eu carrego comigo, é um tesouro.”, disse o senhor de 96 anos.
Loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui