28 de Maio de 2019, atualizado ás 09:05

Homem que esfaqueou Bolsonaro é doente mental e não pode ser incriminado, diz justiça



Por: | Notícias

Compartilhar:
         

A Justiça Federal concluiu na segunda-feira (27) que o homem que esfaqueou Bolsonaro é doente mental e não pode ser incriminado judicialmente.

Siga A Folha Hoje no Google News – Clique Aqui!

Adélio Bispo de Oliveira, o autor da facada no presidente Jair Bolsonaro , tem transtorno delirante persistente, segundo pareceres médicos da defesa

Homem que esfaqueou Bolsonaro é doente mental e não pode ser incriminado, diz justiça

Ou seja, se condenado o homem que esfaqueou Bolsonaro cumprirá pena em um manicômio judiciário , e não em uma prisão tradicional.

Na mesma decisão, o juiz determinou a permanência de Adélio no Presídio Federal de Campo Grande até o julgamento da ação penal.

Segundo a decisão, todos os médicos avaliaram Adélio como portador de transtorno delirante persistente, e por isso deve cumprir a pena em um manicômio judiciário por até 20 anos.




Raquel Luciano

Jornalista com experiência na produção de conteúdo para diversos canais de informação espalhados pelo Brasil. E-mail: rachell.luciano@gmail.com

     

0 Comentários