IPVA 2018 São Paulo: veja as mudanças e como consultar pela internet

A Secretaria da Fazenda de São Paulo (Sefaz), divulgou, que a partir deste ano de 2018, quem tem veículos automotores registrados no estado, não receberá mais, via correios, a tradicional correspondência de aviso de vencimento do IPVA 2018 São Paulo – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Agora, os proprietários dos veículos, usando o número do Renavam e a placa do veículo, , deverão fazer a consulta dos valores do imposto, apenas através da internet, no postal da secretaria, pelo endereço eletrônico clicando aqui

A consulta do IPVA 2018 São Paulo é disponibilizada também em terminais das rede bancária

Vale lembrar que ainda é possível, usando também o Renavam do veículo, a consulta em terminais de autoatendimento nos bancos, onde ainda é possível a impressão do extrato e o pagamento dos débitos, como já era antes acessível ao usuário. Não é necessário ter conta no banco onde for preceder a consulta e fazer o pagamento, basta se dirigir a uma caixa e pedir o atendimento.

Medida vida evitar também fraudes no recebimento do IPVA 2018

Há ainda, por parte da secretaria, a preocupação com o fator segurança, evitando o extravio e até mesmo as tentativas incansáveis de fraudes, nesta época criminosos costumam emitir boletos falsos para pagamento de IPVA, enganando muitos proprietários de veículos.

A Sefaz divulgou ainda, que a decisão de não mais enviar os extratos impressos foi tomada a partir da ideia de tornar a prática mais ecológica, se encaixando nas políticas de sustentabilidade, além de ser mais econômica para o estado.

IPVA 2018 - Consulta pela internet ou terminal bancário (Montagem/AFohaHoje)
IPVA 2018 – Consulta pela internet ou terminal bancário (Montagem/AFohaHoje)

Parcelamento do IPVA 2018

A Sefaz ressalta ainda que o pagamento do IPVA 2018 no estado de São Paulo continua disponível para parcelamento em três vezes (janeiro, fevereiro e março), com vencimento de acordo com o final da placa do veículo.

O pagamento único (cota unica) deve ser feito no mês de janeiro, gozando do desconto de 3%, ou em fevereiro, sem o desconto. Quem deixar de recolher o imposto estará sujeito a multa de 0,33% diários, além de juros de mora (base na taxa Selic).

A multa torna-se pesada a partir de 60 dias de vencido, fixando-se em 20% do valor do imposto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here